ad16
Saúde

Remédios para pressão alta e diabetes ficarão mais baratos

Medicação
Medicação

A Receita Federal deve incluir ao menos 346 medicamentos na lista dos remédios que não têm cobrança de PIS e de Cofins.

A medida poderá deixar os medicamentos 11% mais baratos para o consumidor. A expectativa é que a lista saia até maio.

Segundo Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo), a lista terá remédios para tratamentos contínuos ou muito procurados pelos consumidores.

Entre esses estão remédios para o tratamento de câncer, hipertensão, diabetes, osteoporose, além de antibióticos, antialérgicos, contraceptivos, anti-hemorrágicos, redutores de colesterol, calmantes e vacinas.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade