ad16
Polícia

Robert sobre a prisão de vice: ‘Logo vão na TV dizer que são bonzinhos’

[ad#336×280]O secretário de Segurança, Robert Rios, deu entrevista ao programa Bom Dia Meio Norte e comentou sobre a prisão dos acusados pela morte do ex-vereador Emídio Reis, de São Julião. Robert explicou sobre as investigações, e que a demora maior se deu para o período de coleta de provas consistentes, que possibilitará que permaneçam presos por mais tempo.

“Estamos felizes de dar uma resposta para a sociedade, demorou um pouco, pois tivemos de ter cautela, são pessoas que tem dinheiro, que vão contar com bons advogados, e advogados bem pagos, que logo vem na TV dizer que esses monstros são bonzinhos”, disse o secretário destacando o trabalho do delegado Menandro Pedro, titular do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO).

Robert Rios, Secretário de Segurança
Robert Rios, Secretário de Segurança

O secretário deu detalhes da investigação. “Durante o trabalho da polícia, foi capturada a imagem do carro da vítima passando pelo posto de combustível, e percebemos que ele era acompanhado por outro. Carro este que identificamos como sendo do pistoleiro”, disse o delegado.

Outro indício foi o uso do telefone. Pelo mapeamento de origem das chamadas, verificou-se que toda vez que a vítima usava o telefone, o pistoleiro estava na mesma região. A vítima mudava de área e o pistoleiro também mudava. “Observamos várias mudanças, e sempre identificávamos que o pistoleiro seguia a vítima”, explica.

Robert Rios lembra que a região tem um histórico de impunidade. “Os criminosos daquela região tem de começar a rever seus atos. Toda vez que se coloca um pistoleiro no banco dos réus  via de regra são absolvidos. Mas já conseguimos erradicar a pistolagem em quase todo Piauí”, lembra o secretário.

Ainda sobre o caso, Robert Afirma que há uma pessoa desaparecida, e que seu paradeiro é investigado. Essa pessoa teve participação na morte de Emídio e a suspeita é de que tenha sido morto pelo próprio grupo. O histórico dos envolvidos é antigo, e também é investigado. “Há um homicídio da cidade de Marcolândia, ocorrido há algum tempo. O corpo foi encontrado e com ele o documento de um desses indivíduos que prendemos nesta operação”, lembra Robert.

Com informações do 180graus

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade