ad16
DestaquesMunicípios

Rodovia que interliga Paulistana e Betânia rompe após forte chuva.

[ad#336×280]Se a chuva de sábado (15) foi considerada boa para os moradores de Betânia do Piauí, a deste domingo (16) foi melhor ainda. O temporal teve início ainda na madrugada, por volta das  4h, com estrondosos trovões e clarões de relâmpagos surpreenderam  a população betaniense.

Os populares afirmaram que a última vez que tinha chovido com essa intensidade de uma só vez, foi no inverno de 1994. Choveu aproximadamente 128 milímetros. A chuva foi tão forte que os bueiros na PI 459, que interliga as cidades de Betânia e Paulistana, não suportaram o volume de água e o asfalto rompeu.

A PI ficou inundada em vários pontos. O caso mais grave foi no KM 40, na localidade Laranjo, onde se abriu uma cratera de cerca de 6 metros de largura impedindo qualquer tipo de ultrapassagem para o outro lado da pista.

Riacho da tapagem
Riacho da tapagem

No fundo, a imagem mostra um tanque pipa,que estava na beira da estrada e foi arrastado uns 400m pela força das águas no riacho da tapagem.

20140216170051

As pessoas que se encontravam em diversos pontos dos riachos (Tapagam, Sítio Poço de Volta e Laranjo), admiravam e agradeciam a Deus pela quantidade de água que passavam por esses riachos. Mas também lamentavam o fato de não ter uma barragem para segurar toda aquela água que passavam direto para outras cidades, e não ficavam na nossa cidade para acabar com as dificuldades que surgem por falta de água em tempos de seca.

magens da passagem de água na localidade Sítio Poço de Volta
magens da passagem de água na localidade Sítio Poço de Volta
Passagem do riacho na localidade Laranjo
Passagem do riacho na localidade Laranjo

 

Fonte: Áudiolineproduções

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade