ad16
CidadeDestaquesGeralSaúde

SAMVVIS já atendeu 09 casos de Violência Sexual contra mulher em Picos

Remédios Albano
Remédios Albano

Com cerca de 5 meses de funcionamento no Hospital Regional Justino Luz, na cidade de Picos, distante 306 quilômetros da capital, Teresina, o Serviço de Atenção às Vítimas de Violência Sexual – SAMVVIS já atendeu diversos casos, alguns até chocantes pelos moldes da violência praticada contra crianças do sexo feminino.

Embora o Serviço de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência Sexual esteja funcionando há cerca de 5 meses, muita gente ainda não sabe da existência do serviço, e portanto, ao tudo indique a quantidade de pessoas vítimas desse tipo de violência é bem maior do que as já  registradas até o momento.

Segundo a coordenadora do SAMVVIS em Picos, enfermeira Remédios Albano, no Hospital Regional é feito o acompanhamento sistemático e multiprofissional às vítimas de violência atendendo 24h,  conforme o serviço seja solicitado, pois  existe uma equipe pronta para atender as corrências, basta ser acionada.

“O órgão conta com uma equipe de profissionais para fazer o atendimento, lembrando ainda que o setor dispõe de toda medicação para as vítimas mediante a situação e circuntância de cada pessoa que dela necessite. O SAMVVIS é um Serviço de Atenção às Mulheres Vítimas de Violência Sexual, do Hospital Regional Justino Luz que compreende ao Território do Vale do Guaribas”, disse Remédios Albano.    

Ainda conforme as informações levantadas 9 pessoas já foram SAMVVIS em Picos, onde constatou-se:  01-vítima menor de 05 anos, 02 maiores de 20 anos e 06 maiores de 10 e menor 18 anos. Nos casos de crianças verificou-se que o agressor em sua maioria, é  vizinho, ou membro da própria família, o que  em alguns casos se torna imperceptível às vezes ao olhar da própria mãe perceber as  ocorrências.

Hospital Regional
Hospital Regional
Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade