ad16
CidadeGeralSaúdeTodas as Notícias

Saúde de Picos reúne forças contra o mosquito Aedes Aegypti

A Prefeitura de Picos, por meio da Secretaria de Saúde, reuniu na sala de reuniões do Palácio Coelho Rodrigues, secretários municipais, corpo de bombeiros, 4º Batalhão da policia militar, agentes comunitários de saúde e endemias, técnicos da FUNASA, Forças Armadas, UESPI e representantes da sociedade civil organizada, como Igrejas católicas e evangélicas e lojas maçônicas.

Autoridades reunidas
Autoridades reunidas

O objetivo foi alertar sobre a gravidade do momento, sobretudo no que diz respeito ao número de casos de microcefalia, que até o dia 23 de janeiro, foi notificado um total de 4.180 casos de microcefalia no Brasil. Deste total, 91 no Piauí e 1 caso registrado no município de Picos provavelmente relacionado ao zika vírus. Além de compartilhar novos dados relacionados ao mosquito Aedes Aegypti o encontro teve como intuito também pedir o engajamento de todos no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a Dengue, Zika Vírus, Chikungunya e a Síndrome de Guillain-Barré.

O Secretário de Saúde, José Venâncio, abriu a reunião agradecendo a presença e convocou a todos para construírem uma ação conjunta para, assim, ampliarem a abrangência de combate ao mosquito. “Com a parceria de todos os órgãos aqui representados e a imprensa que tem um papel fundamental nesse combate, nós estaremos intensificando as ações de combate ao mosquito, essa é uma ação não só dos órgãos governamentais, da sociedade civil como toda, somada a ação de cada cidadão e cada cidadã deste município independentemente da idade que cada um”, disse.

“A gente espera conseguir mobilizar um numero maior de pessoas dentro do município para sensibilizar e despertar que o problema ele existe e é nosso e a gente vai ter que tomar de conta e combater, nós já colocamos em prática a partir das visitas dos agentes de saúde e o próximo passo é justamente adotar medidas mais drásticas, como por exemplo, atitudes em relação aos terrenos baldios, imóveis fechados, caixas d´água descobertas, a gente vai está chamando a população para nos ajudar nessa luta”, ressaltou a coordenadora de vigilância epidemiológica, Karielly Alencar.

A Vigilância epidemiológica apresentou o novo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde e os números de coletas e visitas dos Agentes Comunitários de Saúde e endemias.  Também informou os procedimentos que estão sendo feitos em relação às gestantes picoenses e O acompanhamento de bebês que estão com suspeita de microcefalia. Presente também estava a assessora técnica da saúde, enfermeira Conceição Portela, que enfatizou a responsabilidade de todos no combate à Dengue, Zika Vírus e a febre Chikungunya.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.