ad16
DestaquesTodas as Notícias

Secretaria alerta para golpes do 13º em beneficiários do Bolsa Família

Criminosos estão utilizando o WhatsApp para enviar estas mensagens fraudulentas contendo um link que direciona o usuário para um outro site.

A Secretaria Social de Assistência Social e Cidadania (Sasc) está fazendo um alerta aos beneficiários do Bolsa Família no Piauí para que eles não caiam em um golpe, aplicado por meio de aplicativos de mensagens, envolvendo cadastro para recebimento do décimo terceiro. Criminosos estão utilizando o WhatsApp para enviar estas mensagens fraudulentas contendo um link que direciona o usuário para um outro site.

Neste endereço eletrônico, eles pedem que o beneficiário insira seus dados cadastrais como se fosse para atualizar o banco de dados do Ministério da Cidadania e autorizar o pagamento do décimo terceiro. O coordenador estadual do Bolsa Família, Roberto Oliveira, lembra que o Governo Federal não faz nenhum cadastro de beneficiários por meio virtual, porque todos dados necessários já estão inseridos no Cadastro Único (CadÚnico), cuja atualização periódica é feita somente de forma presencial nos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social).

Bolsa
Cartão Bolsa Família – Foto: Reprodução

“Pedimos aos beneficiários nem a abram esta mensagem com o link, porque é golpe. O Ministério da Cidadania não faz atualização cadastral pelo meio virtual, só presencialmente. As pessoas que enviam essas mensagens não são representantes do governo, elas estão agindo de má fé para se apropriarem das informações dos beneficiários. Importante a gente lembrar também que o décimo terceiro do Bolsa Família ainda não foi nem homologado pelo Governo Federal”, alerta.

O Piauí foi o primeiro estado brasileiro a notificar o Ministério da Cidadania de que os beneficiários do Bolsa Família estariam sendo vítimas deste golpe. É que algumas famílias cadastradas no programa aqui no Estado chegaram a registrar Boletim de Ocorrência na polícia informando fraudes no recebimento do benefício. A partir do alerta piauiense, outros estados começaram a enviar notificações semelhantes e o Ministério constatou que os criminosos estão agindo em todo o país.

Atualmente, o Piauí possui 150 mil famílias beneficiadas pelo Bolsa Família e que precisam fazer a atualização cadastral junto ao Ministério da Cidadania. Os beneficiários devem se dirigir aos CRAS portando os documentos pessoais e também a documentação dos dependentes. A Sasc pede ainda que as famílias levem uma conta de luz para informar seu código de unidade consumidora de modo que o beneficiário possa conseguir um desconto na tarifa de energia elétrica (o Desconto Social), concedido em parceria do Governo com a Cepisa. O objetivo da coordenação estadual do programa é estender este benefício para mais de 10 mil famílias.

Por: Maria Clara Estrêla/Portal O Dia 

Tags

Leia Também

Publicidade