ad16
CidadeGeralSaúde

Secretaria de Saúde realiza ação de combate à Tuberculose

[ad#336×280]A secretaria municipal de Saúde de Picos antecipou em seu calendário o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado oficialmente neste domingo, 24 de março.  Durante esta manhã, profissionais da saúde estiveram em praças do centro da cidade entregando panfletos informativos e alertando a população sobre a doença e seus riscos.

De acordo com a biomédica e coordenadora do Programa de Controle da Tuberculose em Picos, Juliane Pires, desde o início da semana os Postos de Saúde da Família (PSFs) do município vem convidando pessoas com sintomas típicos da tuberculose para fazerem uma visita ao posto médico mais próximo.

Entre os sintomas mais comuns: sudorese noturna, tosse prolongada e febre alta.

“A mobilização de hoje tem a intenção de conscientizar a população sobre o é a tuberculose, o tratamento e fazer com que as pessoas procurem unidades de saúde caso possuam algum dos sintomas da doença”, destaca Juliane.

Juliane Pires - Foto: Romário Mendes
Juliane Pires – Foto: Romário Mendes

Casos

A cidade de Picos possui, no momento, 17 casos diagnosticados da doença. Em 2012 o número total de diagnósticos não ultrapassou 22 casos.

A Doença

A tuberculose é uma doença infecciosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch em homenagem ao seu descobridor, o bacteriologista alemão Robert Koch, em 1882.

A transmissão é direta: ocorre de pessoa para pessoa via gotículas de saliva contendo o agente infeccioso, sendo maior o risco de transmissão durante contatos prolongados em ambientes fechados e com pouca ventilação.

Alguns pacientes podem não apresentar os sintomas ou estes podem ser ignorados por serem parecidos com os de uma gripe. Tosse seca e contínua se apresentando posteriormente com secreção e com duração de mais de quatro semanas, sudorese noturna, cansaço excessivo, palidez, falta de apetite e rouquidão são os sintomas da doença. Dificuldade na respiração, eliminação de sangue e acúmulo de pus na pleura pulmonar são característicos em casos mais graves.

O diagnóstico é feito via análise dos sintomas e radiografia do tórax. Exames laboratoriais das secreções pulmonares e escarro do indivíduo são procedimentos confirmatórios.

O tratamento é feito à base de antibióticos, com duração de aproximadamente seis meses. É imprescindível que este não seja interrompido – fato que pode ocorrer, principalmente, devido aos efeitos colaterais, tais como enjoos, vômitos, indisposição e mal-estar geral. As medicações são distribuídas gratuitamente pelo sistema de saúde, através de seus postos municipais de atendimento.

Tuberculose: 22 casos em 2012 - Foto: Romário Mendes
Tuberculose: 22 casos em 2012 – Foto: Romário Mendes

A vacina BCG é utilizada na prevenção da tuberculose e deve ser administrada em todos os recém-nascidos. Melhoras nas condições de vida da população, além de tratamento e orientação aos enfermos são formas de evitar sua contaminação em maior escala.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade