ad16
GeralTodas as Notícias

Secretaria de Trânsito apresenta projetos de mobilidade urbana de Picos

São ações que vão desde a construção de redutores de velocidade até a construção de pontos de ônibus espalhados pelo município.

O secretário de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana de Picos, Edilberto Cirilo, falou de projetos que irão auxiliar na mobilidade urbana do município. São ações que vão desde a construção de redutores de velocidade até a construção de pontos de ônibus espalhados pelo município.

Entre os projetos que serão executados nesse momento, estão a licitação para concorrência plena para a construção de cinco pardas de ônibus para a cidade. A licitação, segundo o gestor, acontece já no próximo dia 7 deste mês, quinta-feira.

“Nossa intenção com a construção dessas paradas é priorizar as pessoas que andam de transporte público coletivo. São cinco pontos de ônibus que pretendem melhorar a condição de espera dos usuários”, Explica.

Ponto fundamental para a mobilidade urbana considerada por Edilberto Cirilo, diz respeito à continuidade do serviço de sinalização vertical e horizontal do município picoense, tendo em vista o aumento do fluxo de veículos e pessoas nas ruas da cidade.

“Com a proximidade do final de ano, o fluxo de veículos aumenta em Picos. Portanto, nós temos que melhorar a trafegabilidade local e a sinalização vertical e horizontal são fundamentais nesse processo”, comenta o gestor.

Outra ação proposta pela secretaria de trânsito com vistas a auxiliar na segurança de trânsito local, refere-se à construção de redutores de velocidade os quais integram os projetos iniciados e em andamento na cidade.

“Nesse momento, estamos construindo quebra-molas em bairros como o Passagem das Pedras e Boa Vista. São pelo menos cem quebra-molas que serão construídos na cidade até o final deste ano”, garante Edilberto Cirilo.

Para o gestor, as ações que envolvem a secretaria de trânsito municipal junto à sociedade, por meio de programas e projetos, dizem respeito tão somente à manutenção do bem estar e a garantia da integridade da vida humana.

“Essa é a nossa finalidade. Nossa intenção não é multar. Nossa função é prevenir acidentes, é preservar e assegurar a vida humana. Quando existe a multa é porque existem pessoas que insistem em desobedecer as leis de trânsito”, explica Edilberto Cirilo.

CCOM

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade