ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Eleições 2016GeralTodas as Notícias

Segundo turno: abstenção pode passar de 500 mil eleitores

Alguns partidos políticos que estão envolvidos diretamente com disputa de segundo turno para a Presidência da República já preveem que a abstenção dos eleitores na segunda fase da disputa pode ser grande. Tradicionalmente, o segundo turno apresenta um percentual maior de eleitores que decidem não votar, se comparado ao primeiro turno das eleições.

Votação na urna eletrônica
Imagem Ilustrativa

Na última eleição geral, no ano de 2010, exatos 2.261.931 eleitores piauienses estavam aptos a votar. No entanto, no primeiro turno, apenas 1.744.686 compareceram e 448.538 eleitores se abstiveram. No segundo daquela eleição, que escolheu governador e presidente, a abstenção foi ainda maior: 517.245 eleitores não compareceram às urnas. Uma diferença de 68 707 eleitores se comparado à primeira etapa do pleito.

Este ano, no primeiro turno da eleição, 443.062 eleitores não votaram. A expectativa é de que no segundo turno o número seja ainda maior. Além do índice abstenção no segundo turno ser tradicionalmente superior ao primeiro turno, esse ano os eleitores piauienses vão escolher apenas o presidente, o deve desmotivar alguns deles a irem às urnas. “Acho que (a abstenção) vai ser maior. Tem muita gente que mora fora do Piauí. Essas pessoas dificilmente vêm votar. Vão preferir registrar a justificativa da ausência”, opina o deputado estadual Themistocles Filho (PMDB).

A presidente do PT no Piauí, Regina Sousa, afirma que o partido já está se mobilizando para evitar que haja uma grande abstenção de eleitores no Estado. “Estamos conversando com o partido em nível nacional para contatar o Tribunal Eleitoral. Queremos que a Justiça eleitoral garanta o transporte de eleitores no dia da votação”, disse. Regina Sousa informou ainda que o partido está mobilizado também para conscientizar os eleitores sobre a importância da votação em segundo turno. “Estamos realizando discussões nos municípios, intensificando a campanha com visitas aos bairros e panfletagens. A tarefa é orientar sobre a importância de votar no dia 26”, finalizou.

Por: Karliete Nunes – Jornal O Dia

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade