ad16
Geral

Sem acordo, Correios mantém greve e 550 mil cartas não são entregues

Sem acordo no Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília, os Correios permanecem em greve e 550 mil correspondências deixaram de ser entregues desde o dia 30 de janeiro, somente em Teresina.

Greve dos Correios
Carteiros de Picos em greve – Foto: Arquivo/RiachaoNet

O principal impasse está relacionado à mudanças no plano de saúde. Segundo os servidores dos Correios, antes era pago um percentual de 10%, somente em cada utilização do plano. Agora o pagamento é mensal e o funcionário não pode ter dois atendimentos de urgência no mesmo dia.

Os servidores consideram que qualquer mudança com relação aos benefícios da categoria deve partir de um acordo coletivo.

A direção dos Correios garante não haver redução nas correspondências de urgência e afirma que nenhum funcionário tem perspectivas de perda com a mudança no plano de saúde. A direção está realizando mutirões durante o final de semana para minimizar os prejuízos da greve. No último, mais de 230 mil envelopes foram entregues.

Fonte: Cidadeverde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade