ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
CidadeTodas as Notícias

Sem mais feriados, empregados de supermercado param na terça

Com a nova lei, os supermercados que quiserem podem abrir nos feriados, domingos e durante 24h.

Sem direito a  nenhum feriado, inclusive no Natal e na Páscoa, os empregados de supermercados, que são 3 mil, decidiram paralisar suas atividades na próxima terça-feira, dia 17, informou o secretário-geral do Sindicato dos Comerciários de Teresina, Gilberto Paixão.

De acordo com ele, a Associação de Supermercados do Piauí não quer dar mais os feriados, inclusive no dia da categoria, que é comemorado na última semana de outubro, que é uma tradição, porque lei do presidente Michel Temer considerou os supermercados com atividades essenciais, iguais a hospitais.

Gilberto Paixão declarou que com a aplicação da lei, os trabalhadores ficam sem feriado até mesmo em seu dia. “Vão ficar trabalhando direto na Páscoa e no Natal”, falou Gilberto.

Segundo ele, os comerciários, que são 20 mil, estão participando de uma negociação de acordo coletivo de trabalho de 2017/2018, e agora a negociação passa a ser regulada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Com a nova lei, os supermercados que quiserem podem abrir nos feriados, domingos e durante 24h. Gilberto Paixão disse que dificilmente os supermercados vão contratar mais trabalhadores com a ampliação dos seus serviços e a tendência, segundo ele, é aumentar a exploração.

Os comerciários estão reivindicando reajuste salarial de 2,23%, acima da inflação do período, que teve 1,79%. Esse reajuste é linear, atingindo todos os comerciários, inclusive os que ganham acima do piso salarial.

Com o reajuste de 2,23%, o piso salarial dos comerciários passará de R$ 1,063 mil para R$ 1,380 mil.

Meio Norte

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade