ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Sem provas, polícia de Picos libera suspeito de assediar mulheres

Os crimes em sua maioria aconteceram na zona leste da cidade e tem a mesma dinâmica. O acusado apalpa as nádegas das vítimas e em seguida foge.

Nas últimas semanas relatos de mulheres, que foram assediadas por um motociclista, têm ganhado repercussão em Picos.

Os crimes em sua maioria aconteceram na zona leste da cidade e tem a mesma dinâmica. O acusado apalpa as nádegas das vítimas e em seguida foge.

O criminoso tem estatura mediana, usa calça jeans, tênis e o capacete tem a viseira escura para evitar ser reconhecido.

Receba notícias do ‘RIACHAONET.COM.BR através do WhatsApp

Na tarde do último sábado, 23, um homem foi preso pela Polícia Militar, sendo apontado como o principal suspeito de cometer os crimes. De acordo com o comandante do 4° BPM, tenente coronel Edwaldo Viana, as tatuagens no braço do suspeito são semelhantes as apontadas pelas vítimas.

Mais de cinco Boletins de Ocorrências foram prestados por vítimas na Central de Flagrantes de Picos.

“Ele foi encontrado caminhando. O questionei se era ele para algumas vítimas que vieram até a delegacia, algumas disseram que sim, porém, todas confirmaram que a pessoa que cometeu o crime estaria de capacete, nenhum afirmou que o viu sem o item. Solicitei diligências no sentido de encontrar a moto, o suspeito prontamente nos levou ate sua casa, o veículo e nem as vestes não foram localizados”, explicou o delegado Miguel Carneiro.

Com poucos elementos decorrentes da falta de provas, o delegado liberou o acusado.

“Se tivéssemos elementos que levassem a convicção que certamente era ele, ele teria sido preso. O delegado de polícia precisa ter um pouco de cautela antes de prender alguém”, relatou Miguel.

Fonte: Picos 40 Graus

Tags

Leia Também

Publicidade