ad16
EducaçãoGeralTodas as Notícias

Seminário de Educomunicação leva acadêmicos, professores e a comunidade à UESPI de Floriano‏

[ad#336×280]Desde o dia 19 até esta sexta-feira (23) acontece o I Seminário de Educomunicação (SEDCOM), com o tema “Educomunicação: um novo jeito de educar”. O evento organizado por acadêmicos do curso de Letras/Português com o apoio de professores e acadêmicos do curso de letras/português, pedagogia e espanhol é realizado no Auditório da UESPI, campus de Floriano. Segundo a organização, o SEDCOM tem um modelo pioneiro no estado quando se fala em educomunicação já que o projeto visa levar aos acadêmicos, professores e a comunidade, conhecimentos sobre seus princípios básicos.

Jornalista e Professora Mestra Sônia Mariah dos Santos - Foto: Ascom
Jornalista e Professora Mestra Sônia Mariah dos Santos – Foto: Ascom

Durante toda a semana, jornalistas, professores e também monitores do Projeto COMEDUCAR, da Pró-Reitoria de Extensão-PREX da UESPI, realizam palestras sobre aspectos gerais da educomunicação e sua relação com o processo educativo, além de oficinas e palestras sobre Jornal escolar, Rádio escolar, Fanzine.

Professor Evandro Alberto ministrou palestra sobre conceito da educomunicação , conceitos e perspectivas.
Professor Evandro Alberto ministrou palestra sobre conceito da educomunicação , conceitos e perspectivas.

O evento contou com a participação dos seguintes palestrantes: Professora Ângela Viana (UESPI-Floriano), membro do Projeto COMEDUCAR, Prof. Doutorando Evandro Alberto (UESPI – Picos), Rauenna Emanuella e Benedito Félix e Aleiane Lima, idealizadores do Projeto COMEDUCAR e do I SEDCOM, Professora Mestranda Brígida Barbosa, Prof. Dr. Orlando Berti (UESPI– Campus Torquato Neto-Teresina), Prof. Dr. José Ribamar Lopes Batista Júnior (UFPI/LPT), Jornalista/Educomunicador Bruno Oliveira Ferreira (Revista Caravelas-SP), Profa. Ma. Fabrícia Gomes e a Profa. Ozeane Pinto e a a Professora Mestra Sônia Mariah Carvalho.

De acordo com Rauenna Emanuella, Benedito Felix e Aleiane Lima, idealizadores do Projeto, esta semana é fundamental para que a educomunicação se torne conhecida e faça parte do cotidiano não somente das escolas, mas em toda a comunidade, uma vez que esta, também faz parte do processo de ensino aprendizagem.

“Tornar o individuo capaz de refletir dentro de um ecossistema educomunicativo é a nossa meta”, ressalta Rauenna.

Cerca de 120 pessoas participam do evento e descobrem a Educomunicação em medidas implementadas em Floriano dentro e fora do Projeto COMEDUCAR, além da realidade de outros estados.

ASCOM UESPI

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade