ad16
DestaquesEsporte

Seminário debaterá Muay Thai e MMA em Picos

Muay Thai
Muai Thai será debatido em seminário em Picos.

Difundido pelo MMA e por filmes de artes marciais interpretados por atores como Tony Jaa da Tailândia, o Muay Thai começa a ganhar mais adeptos pelo Brasil afora e, através de um seminário previsto para acontecer no dia 16 de setembro será apresentado à população picoense. Marcará presença na cidade de Picos o mestre Hélio Fidelis, treinador da Federação Portuguesa de MMA, além de campões europeus.

Um dos organizadores do seminário, o atleta Djanilton Cabral de Melo, graduado nessa categoria esportiva, explica que o seminário também marcará a chegada da academia “Sport Boxe” de propriedade do mestre Hélio Fidelis.

No seminário a ser realizado no Passandoabola, localizado por trás da Clínica de Urgência, serão debatidas as técnicas de Muay Thai e MMA. A inscrição do seminário custará R$ 30,00 e a aula ficará orçada em R$ 50,00. A prática do Muay Thai em Picos começará com duas turmas, uma de mulheres e uma turma de representantes do sexo masculino. As inscrições podem ser realizadas através do telefone: (89) 9912-5152.

Djanilton Melo, praticante do esporte há mais de dois anos, comemora que a procura inicial de pessoas interessadas em participar do seminário e treinar essa forma de arte marcial tem sido satisfatório. Ele explica que o seminário explanará a parte mais “agressiva” do Muay Thai bem como as técnicas de defesa pessoal.

“No seminário serão abordadas questões de técnicas de luta dentro do Muay Thai e do MMA, focando a parte de luta, de competição e também de defesa pessoal e no MMA o que é mais usado dentro dessa modalidade”, explicou. A “Sport Boxe” representará mais uma filial no Nordeste, a primeira em Picos.

A arte marcial

Djanilton Melo informou que o Muay Thai está em ascensão pelo mundo, e parte desse crescimento é graças ao MMA que agrega lutadores com conhecimento em diferentes formas de luta. “Ele está em ascensão não só aqui, é em todo mundo. É um esporte que não era valorizado e hoje é visto com bons olhos”, declarou.

Conhecido como a “luta das oito armas”, por abranger golpes com canelas, joelhos, cotovelos e punhos, o Muay Thai ganhou a fama justificada de ser a forma de luta “mais agressiva”, embora existam regras e limites para os golpes dentro das competições.

“Ele é um esporte mais agressivo, ele já foi violento, mas por conta dos golpes, quando se tornou um esporte mais popular, foi criado algumas regras”, explicou Djanilton. Alguns golpes, especialmente aqueles que envolvem cotoveladas foram proibidos em muitas competições.

O esporte exige um ótimo condicionamento físico por parte de seus praticantes. “Ele exige que o atleta esteja 100% bem”, comentou Djanilton Melo. “É um esporte em que não exige defesa, a defesa é o próprio contra-ataque”.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade