ad16
Geral

Servidores administrativos da UESPI aceitam proposta do Governo do Estado

Reprodução

A conquista da implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Cargos (PCCS) foi recebida com satisfação pelos servidores técnico-administrativos da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), em uma reunião formada pelo Governo do Estado e a Comissão de Negociação dos Técnicos Administrativos da instituição, nesta terça-feira, 14, no Palácio de Karnak. O Plano, agora, vai ser encaminhado à Assembleia Legislativa do Piauí.

Segundo a comissão formada pelos servidores Eliana Machado, Paulo Nunes e Célia Maria Dias, a proposta aceita tem um aumento escalonado no total de 40% e no Projeto de Lei todos os técnicos de cargos não específicos (técnicos administrativos, motoristas, zeladores, etc) vão receber um salário base mais uma gratificação que será o total da remuneração. A gratificação terá descontos de tributação previdenciária, ou seja, é incorporada ao salário total dos servidores, inclusive para aposentadoria.

O Vice-Reitor Nouga Cardoso afirma que uma instituição de ensino superior trabalha não só com professores, mas também é formada pelo corpo técnico-administrativo. “Todos têm sua igual importância e uma categoria não pode ser tratada diferente em termos salariais. A aprovação é parte de reconhecimento de sua importância institucional. Com um Plano, faz com que um servidor administre sua vida na busca de melhorias. Ele sabe até onde pode ir, se localiza profissionalmente e pode traçar metas, além de sua valorização”.

Para Eliane Machado, da FAPEPI, o processo foi longo para essa conquista. “A luta é antiga, mas esta comissão assumiu o compromisso com a categoria, deste 2010, que foi justamente na segunda tentativa de encaminhamento junto ao governo, através de minuta encaminhada pela atual gestão da UESPI. Sendo que, em 2008, quando da aprovação da minuta do PL do PCCS junto aos conselhos superiores da UESPI, houve alguns imprevistos, mas, em 2010, nós da comissão decidimos tomar a frente e ir a luta”, esclarece a servidora.

Com informações do site da UESPI

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também