ad16
EducaçãoTodas as Notícias

Servidores técnico-administrativos da Ufpi iniciam greve nesta quinta (28)

A categoria dos trabalhadores técnico-administrativos da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) estará reunida em assembleia geral extraordinária nesta quinta-feira (28), às 9:30, na praça da Prefeitura Universitária, Campus Ministro Petrônio Portella, para deflagrar greve por tempo indeterminado no Piauí.

O presidente do Sintufpi comentou sobre o movimento paredista da categoria e declarou que a greve será iniciada devido aos repetidos descumprimentos de acordos por parte do governo federal.

Campus da UFPi em Picos
Campus da UFPi em Picos

“Também tempos perdas salariais acumuladas de 2011 para 2016, que já somam mais de 27%; a discrepância salarial entre os três poderes e a falta de concurso público, estão entre os vários fatores que causaram o descontentamento dos técnico-administrativos do Brasil. Há um sentimento de frustração na nossa categoria em relação à política econômica do governo atual”, disse.

Outros Sindicatos dos trabalhadores técnico-administrativos das Instituições Federais também vão dar início ao movimento paredista nesta quinta-feira.

As pautas nacionais da categoria dizem respeito ao índice de 27,3% no piso da tabela considerando as perdas de janeiro de 2011 a julho de 2016; oprimoramento da Carreira com correção das distorções, levando em consideração a racionalização, piso e step, o reposicionamento dos aposentados e concurso público via RJU para todas as classes.

Além disso, pedem turnos contínuos com redução da jornada de trabalho para 30 horas, sem ponto eletrônico e sem redução salário; creches nas Universidades; cobrar do governo a efetivação da Política Nacional de Capacitação; educação tem de ser prioridade – suspensão imediata dos cortes nas Instituições de Ensino e recomposição do orçamento;

As pautas locais estão relacionadas à solicitação de uma política de Capacitação e Qualificação para os TAES; fim do assédio moral; contra os desvios de função e pedido imediato de concurso público.

Fonte: Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade