ad16
DestaquesSimõesTodas as Notícias

Simões está sem água há três dias; Agespisa diz trabalhar para resolver situação

A cidade de Simões, localizada a 140 km de Picos, está passando por uma situação grave no abastecimento de água. Desde a última sexta(28), quatro bairros da cidade foram afetados por conta da seca em um dos reservatórios que abastece a cidade.

No contexto atual, 60% do abastecimento de Simões é suprido através da barragem de Poço do Marruá em Patos do Piauí. A outra parte vem do açude Salgadinha que supria 40% do abastecimento. Na última sexta(28), com o volume bem baixo, a Agespisa desligou o sistema de capação e parte da cidade ficou sem água, atingindo os bairros Solidade I, Solidade II, Bela Vista e Vila Nair.

De acordo com Francisco das Chagas, Diretor Regional da Agespisa, a situação é crítica, pois se não chover durante os próximos dias de forma significativa, a captação de água para a cidade de Simões poderá vir exclusivamente de Poço de Marruá, mas dessa forma, as cidades de Caridade do Piauí e Curral Novo, que são abastecidas pela barragem poderiam ter problema com a falta de água pois passariam a dividir o atual fluxo de captação de água com Simões.

Açude Salgadinho em Simões (Foto: prefeitura de Simões)

Aumento da captação

Conforme informações da Agespisa, na pessoa do senhor Carlos Augusto, diretor de Engenharia, a empresa deixou de operar no açude Salgadinha por está em nível crítico. “Deixamos de captar água no açude Salgadinha desde a última sexta(28), por conta da estiagem no reservatório. Nesse momento uma das ações seria o aumento do bombeamento de Poços do Marruá para suprir o desabastecimento da cidade. Estamos estudando também outras alternativas para solucionar essa situação e garantir água para os moradores”.

Açude Salgadinho em Simões (Foto: prefeitura de Simões)
Açude Salgadinho em Simões (Foto: prefeitura de Simões)

De acordo com o prefeito da cidade, Zé Wlisses, o reservatório é pequeno para atender a demanda da cidade e que não há nenhuma caixa d’água que possa reter água e assim ajudar a amenizar a situação. O atual momento é grave, alerta.

Reuniões estão marcadas entre a diretoria da AGESPISA e a Prefeitura de Simões para avaliarem soluções para o grave caso e assim garantir água para os moradores.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.