ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

Sindicato denuncia desvio de funções de policiais civis de Picos

O Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi) denunciou, junto ao Ministério Público do Trabalho, o desvio de função dos policiais civis da cidade de Picos. De acordo com a categoria, quatro policiais estão escalados para realizar a guarda dos veículos apreendidos no antigo prédio da Delegacia Regional, situado na Avenida Severo Eulálio.

Carros, motocicletas e sucatas estão amontoados no pátio do prédio, que foi condenado pela Vigilância Sanitária e pelo Corpo de Bombeiros há cerca de quatro anos, oferecendo riscos aos policiais que fazem a guarda dos veículos diariamente.

Antigo prédio da Delegacia Regional, situado na Avenida Severo Eulálio
Antigo prédio da Delegacia Regional, situado na Avenida Severo Eulálio – Foto: Riachaonet/Romário Mende

Desvio de Função

Segundo o diretor regional do Sinpolpi, Joel Joaquim dos Santos, ainda não existe um prazo determinado para a retirada dos veículos do local. O sindicalista informou que o juiz ainda não visualizou o processo. “Vou entrar em contrato com o presidente do sindicato, Constantino Júnior, para falar com o advogado e ele peticionar para que o juiz possa fazer algo no sentido de concluir essa ação civil, determinando que os policiais saiam desse desvio de função e essa função insalubre”, disse.

Carros, motocicletas e sucatas estão amontoados no pátio do prédio
Carros, motocicletas e sucatas estão amontoados no pátio do prédio – Foto: Riachaonet/Romário Mende

Situação precária

Joel afirmou ainda que além da situação precária do prédio, os policiais sofrem também com ataques de meliantes. “Os meliantes estão até atacando lá e um policial civil sozinho é um risco muito grande”, pontuou.

Com o acumulo no antigo prédio, os veículos estão alocados agora em frente às novas instalações da Central de Flagrantes, situada na Rua São Sebastião, no bairro Canto da Várzea.

O Sindicato denuncia que os veículos ficam estacionados na rua ou na calçada, atrapalhando o trânsito e a passagem de pedestres.
O Sindicato denuncia que os veículos ficam estacionados na rua ou na calçada, atrapalhando o trânsito e a passagem de pedestres. – Foto: Riachaonet/Romário Mende

Veículos nas calçadas

O Sindicato denuncia que os veículos ficam estacionados na rua ou na calçada, atrapalhando o trânsito e a passagem de pedestres. “Está ficando na mesma situação. São veículos na rua, no pátio e já estão colocando até no pátio da escola ao lado”, denunciou.

 Com o acumulo no antigo prédio, os veículos estão alocados agora em frente às novas instalações da Central de Flagrantes
Com o acumulo no antigo prédio, os veículos estão alocados agora em frente às novas instalações da Central de Flagrantes – Foto: Riachaonet/Romário Mende

O diretor do sindicato informou também que o processo corre desde 2015, e mesmo após a realização de várias audiências no Tribunal Regional do Trabalho, nenhuma providência foi tomada.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade