ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

TCE recomenda demissão de 700 servidores municipais de Picos

[ad#336×280]Após a decisão do Tribunal de Contas do Estado do Piauí – TCE, que determinou a anulação do concurso da Prefeitura Municipal de Picos realizado em 2010, 700 servidores devem ser demitidos. O reordenamento no quadro de funcionários deve atingir todas as áreas da administração municipal.

A mudança terá reflexos direto na renda familiar dos funcionários, já que para muitos o orçamento obtido advém apenas do serviço prestado à Prefeitura Municipal de Picos.

O secretário de Governo, Tiago Saunders, informou que as ilegalidades do concurso foram atribuídas, pelo próprio TCE, da ex-gestão do município. No entanto, o prefeito Kleber Eulálio não concorda com essa decisão.

“O prefeito está sempre ao lado do servidor público e já articulou junto ao Tribunal de Contas uma reunião para quarta-feira com vários conselheiros para que a gente possa apresentar essa documentação, mesmo que de forma tardia, e apresentar um pedido de revisão pela nossa Procuradoria para que a gente possa legalizar os efetivos, porque são 700 famílias que não podem ficar sem emprego”, disse Tiago.

Tiago informou ainda que a Prefeitura já notificou o Sindicato dos Servidores para que esteja junto com o município nessa “batalha”.

Prefeitura Municipal de Picos
Prefeitura de Picos

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDSERM) divulgou uma nota oficial se comprometendo a buscar soluções para o problema.

Confira a nota:

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos vem a público esclarecer aos concursados do município de Picos do ano de 2010, que nesta segunda-feira, dia 23 de março de 2015, por volta das 11:00hs tomou conhecimento do acórdão número 174/13 do Tribunal de Contas do Estado do Piauí que julgou ilegal o procedimento de admissão de pessoal efetivo da prefeitura municipal de Picos referente ao concurso público de 2010. Tal julgamento se deu em razão da ausência de documentos essenciais junto ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí.

O SINDSERM/Picos, preocupado com a situação irá, na próxima quarta-feira, 25/03/2015, pela manhã, participar de audiência no Tribunal de Contas em Teresina, juntamente com a administração municipal com o intuito de fazer expediente junto àquele Tribunal de contas para reverter o resultado do acórdão.

O momento exige de todos nós tranquilidade, união e perseverança na defesa dos nossos direitos. Assim, a Diretoria Executiva do SINDSERM/Picos reitera a convocação de todos os servidores para Assembleia de quarta-feira, dia 25 de março, prevista para as 16:30hs na Câmara Municipal de Picos-PI, onde também trataremos do assunto em questão.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade