ad16
DestaquesEducaçãoTodas as Notícias

Técnicos administrativos da UESPI de Picos aderem a paralisação estadual

Foi deflagrada na última quinta-feira,11, em assembleia geral a paralisação dos servidores técnicos administrativos da Universidade Estadual do Piauí, UESPI. A categoria após inúmeras negociações sem sucesso com o Governo do Estado, reivindica por melhores condições salariais garantidas no atual  Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), que prevê um reajuste de 10%, onde foi garantido aos servidores apenas 4%.

A greve tem início oficialmente na próxima segunda-feira, 15, e segue por tempo indeterminado. No Campus da Uespi de Picos, cerca de 10 servidores também aderiram a paralisação em que um ofício de indicativo de greve foi entregue à direção do Campus.

Indicativo de greve sendo entregue à direção do Campus- Foto: Ascom
Indicativo de greve sendo entregue à direção do Campus- Foto: Ascom

Outras reivindicações

Aprovação da reformulação do PCCS; Melhores condições de trabalho, Auxílio alimentação implantado no contracheque; Melhorias salariais; Reajuste salarial restante referente ao mês de dezembro/2015; Progressões e Promoções funcionais e Insalubridade.

12714297_903325263115799_530417652_n

Ainda segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Estadual do Piauí (SINTUESPI), o vencimento da categoria não chega ao valor do salário minimo nacional. Nestes termos, o Governo deve complementar em contracheque e equipará-lo ao valor nacional.

12714169_903325319782460_1512689041_n

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade