ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Tempo segue instável nos próximos dias na microrregião de Picos, informa climatologista

Está previsto que ocorram mais chuvas intensas em Picos e cidades ao redor até o final da semana.

Até o final da semana podem ocorrer chuvas em Picos e nas cidades vizinhas, visto a condição instável na qual se encontra o tempo, segundo informou ao Portal RiachãoNet o climatologista Werton Costa.

De acordo com ele, isso se deve à La Niña, que resfria o Pacífico, e ao aquecimento do Atlântico, promovendo a zona de convergência intertropical.

“Fortes instabilidades marcaram o final de 2021 e começo de 2022. Essa condição instável é potencializada por dois gatilhos essenciais: a La Niña fraca, que é o resfriamento das águas do Oceano Pacífico e um Oceano Atlântico bastante aquecido. Essas duas condições favorecem a aproximação do principal sistema atmosférico do Nordeste: a zona de convergência intertropical. É justamente essa aproximação precoce ou antecipada da zona de convergência que tem garantido chuvas intensas em boa parte do Nordeste, principalmente no Piauí, tanto na faixa norte quanto na sul, no serrado e no sertão”, detalhou.

Werton Costa disse ainda que na faixa sertaneja é possível observar uma atividade no corredor Campo Sales, ou seja, que traz umidade pelo Ceará e instabiliza a microrregião de Picos e adjacências

“Observamos que há condições para chuvas intensas nos próximos dias, principalmente porque os órgãos de monitoramento emitiram, na manhã de ontem, um alerta laranja de condições adversas. Há uma tendência clara de chuvas localizadas e mais intensas e isso amplia o grau de risco e monitoramento por parte das defesas civis. Durante a semana são esperados diversos episódios de chuvas em vários pontos do sertão”, concluiu.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade