SaúdeTodas as Notícias

Terceirizados do HRJL estão há dois meses sem receber salários em Picos

Pelo menos 150 servidores contratados a título precário e que prestam serviços no Hospital Regional Justino Luz, em Picos, estão com dois meses de salários atrasados. Eles denunciam que o último pagamento que receberam foi referente a dezembro de 2017 e por conta disso estão passando dificuldades.

A reportagem do JP on line esteve no início da tarde desta sexta-feira, 9, e na presença do vereador Antônio Afonso Santos Guimarães Júnior, o Afonsinho (PP), os contratados do Hospital Justino Luz contaram que vivem uma situação de penúria.

Hospital Regional Justino Luz em Picos
Hospital Regional Justino Luz em Picos

Segundo eles, muitos estão com o fornecimento de água e de energia suspensos por não terem condições de quitarem os talões e, desesperados estão pedindo até dinheiro emprestado a amigos e familiares para comprar alimentos.

Nota fiscal       

Os terceirizados denunciaram ainda que para receberem seus salários, primeiros eles têm que se dirigir até a Secretaria Municipal de Finanças de Picos para tirar uma nota fiscal avulsa. Após pagarem o imposto no valor de 5% por cento, retornam a Prefeitura para terem a nota carimbada e em seguida dão entrada no departamento de pessoal do Hospital Justino Luz. Só depois é que o dinheiro é deposito na conta de cada servidor.

Além disso, os terceirizados denunciaram ainda que são descontados 11% do salário de cada um para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), mas, informações dão conta de que o repasse não estaria sendo feito para o instituto.

Fonte: JP Online

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também