ad16
DestaquesPolíticaTodas as Notícias

Teresa Britto apresenta relatório da visita ao Hospital Justino Luz em Picos

Deputada disse que encontrou o Pronto Socorro e o setor de pediatria em situação de colapso

A deputada Teresa Britto (PV) apresentou, na sessão plenária na ALEPI, um relatório da visita que realizou, na última quinta-feira(12), ao Hospital Justino Luz, localizado na cidade de Picos. Ela afirmou que o hospital passou por melhorias internas realizadas pelo Governo do Estado, mas disse que encontrou o Pronto Socorro e o setor de pediatria em situação de colapso.

Teresa Britto declarou que visitou Picos em 2019 quando encontrou o hospital colapsado e cobrou a realização de melhorias ao Governo do Estado, pois, além de problemas estruturais, faltavam medicamentos e instrumentos de trabalho para os profissionais de saúde.

“Em 2020, retornamos lá e as reformas estavam sendo feitas, mas o hospital ainda tinha muitos problemas. Na última quinta-feira passei cinco horas visitando todos os setores do hospital, que está com sua parte interna toda reformada, está em condições boas, mas o Pronto Socorro está completamente colapsado”, declarou ela.

Teresa Britto assinalou que o Pronto Socorro estava superlotado, com pacientes em cadeira, em pé, em macas e em colchonetes, com alguns ficando oito horas sem se alimentar.

A parlamentar do Partido Verde assinalou que a direção do hospital precisa adotar providências visitando conseguir um espaço para ser usado como retaguarda do Pronto Socorro, o que deve ser feito, também, em relação à pediatria, com ampliação do número de macas, colchões e cadeiras, dentre outros.

Acrescentou Teresa Britto que o Hospital Justino Luz passou a contar com mais 62 leitos, aumentando para 182, mas o crescimento da demanda provocou o colapso do Pronto Socorro. Ela assinalou que os hospitais de pequeno porte de outros municípios

ROUBO DE FIOS – 
 Teresa Britto apresentou um Projeto de Lei Ordinária (PLO) à Assembleia Legislativa (Alepi) que visa instituir a política de prevenção e combate ao furto e roubo de cabos, fios metálicos, fibras ópticas, baterias e similares. O PLO Nº 88/2022 foi apresentado na sessão plenária desta segunda-feira (16).A proposta pretende estabelecer normas para o funcionamento de empresas que atuam na comercialização e reciclagem dos materiais relacionados no PLO. Dentre as medidas mencionadas no Projeto, há o envio periódico de um cadastro, por parte dos estabelecimentos, para a Secretaria Segurança Pública do Piauí (SSP-PI).

De acordo com a justificativa da proposta, a política de combate a essa modalidade de furto se faz em razão dos prejuízos financeiros provocados ao poder público, às concessionárias que prestam serviços públicos e aos consumidores.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.