ad16
DestaquesEducaçãoGeralTodas as Notícias

Uespi implantará Núcleo de Pesquisa e Formação em Energias Limpas

O Núcleo funcionará no Instituto Antonino Freire e vai capacitar mão de obra especializada para atuar em empreendimentos de produção energias renováveis implantados no estado.

Uma parceria entre a Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) e concessionárias das energias limpas vai assegurar a implantação de um Núcleo de Pesquisa e Formação em Energias Renováveis (Nupefe), na Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Uma reunião entre a superintendente da Suparc, Viviane Moura; o Reitor da Uespi, Evandro Sousa e representantes das concessionárias GM, Brenger e Consórcio Energia Sustentável determinou as primeiras ações do núcleo que funcionará no Instituto Antonino Freire.

Segundo Viviane Moura, o núcleo vai capacitar mão de obra especializada para atuar em empreendimentos de produção energias renováveis implantados no estado. “Será um espaço para congregar alunos, professores e a comunidade em torno de um tema que é tão importante para o desenvolvimento do nosso estado”, anunciou a gestora.

Inspirado no Centro de Referência de Energia Solar de Petrolina (PE), o Núcleo terá uma atuação para além da comunidade universitária, tornando possível, também aos demais servidores públicos, o acesso à plataforma de pesquisa e socialização de novas tecnologias. “Vamos trabalhar com pesquisadores atendendo à demanda das concessionárias mas também possibilitando que o mercado possa contar com profissionais qualificados em energias renováveis”, afirmou o reitor.

“O Núcleo dará mais suporte ao curso de Engenharia Elétrica da Uespi, que é o mais antigo do estado – criado há 18 anos – para geração e aplicação de conhecimento científico e que, agora, passa a ser integrado ao Nupefe proporcionando aos alunos uma formação mais completa, com laboratórios e conhecimento agregado na área de energias renováveis”, afirma o professora Juan de Aguiar, que estará à frente do Núcleo e também coordena o curso de engenharia Elétrica.

Estudantes dos cursos de Engenharia Civil, Ciências da Computação e demais áreas que tenham interface com energias renováveis passam a contar com a estrutura do Núcleo em sua formação acadêmica e preparação para o mercado de trabalho. O trabalho para estruturar o novo espaço começa no próximo mês e as concessionárias da PPP de Energias Limpas do Piauí atuarão em conjunto para a implantação da plataforma.

“É um investimento concreto com retorno social para a universidade, que também desponta como protagonista numa área em que o Piauí já é destaque”, afirma o reitor que destaca as parcerias com a Suparc como fundamentais para melhorar a estrutura da Uespi.

Viviane Moura lembra que todos os projetos de parceria público-privada do Piauí têm, em seus contratos, uma contrapartida social, uma maneira de garantir serviços que melhoram a qualidade de vida dos piauienses. “Somos referência no Brasil, premiados internacionalmente por nossos projetos e nos diferenciamos por trazer para a área de Infraestrutura, a preocupação com o Social que, afinal, é o grande objetivo de uma PPP”, finaliza a superintendente.

.

.

Governo do Piauí

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade