ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesEducaçãoGeralTodas as Notícias

UESPI negocia parceria para desenvolvimento de pesquisa em Picos

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) está negociando parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Económico e Tecnológico (Sedet) para uso do laboratório de Análise de Alimentos mantido pela Casa APIS e a Associação Necta na cidade de Picos. O objetivo da parceria é o desenvolvimento de pesquisas com o solo e a água da região.

Para isso, foi criado em 2009 o Centro de Tecnologia Apícola do Piauí (Centapi) para fomentar pesquisas na área de apicultura, e é responsável pelo melhoramento da qualidade do mel e difusão de tecnologias para o beneficiamento da produção apícola. Atualmente, o centro possui dois laboratórios (um de análise físico-química e microbiológico) para pesquisas.

Professor Evandro Alberto de Sousa, diretor do campus da Uespi de Picos-Foto: José Maria Barros
Professor Evandro Alberto de Sousa, diretor do campus da Uespi de Picos-Foto: José Maria Barros

Para o professor Evandro Alberto, diretor do Campus Araújo Barros, em Picos a parceria entre essas entidades civis, órgãos governamentais e a universidade viabiliza o desenvolvimento de pesquisas para aprimoramento da produção de caju e mel. “A Universidade agrega mais um espaço de pesquisa. Isso é importante para produtores, professores e estudantes que desejam desenvolver pesquisas científicas”, afirma Evandro Alberto.

De acordo com reitor da UESPI, o professor Nouga Cardoso, a IES possui professores que podem desenvolver pesquisas com alunos, que beneficiará os produtores. “A UESPI possui professores que podem colabora com o desenvolvimento dessa região, fornecendo o corpo técnico bastante qualificado que temos na instituição. Estamos conversando com o superintendente da Sedet, Francisco das Chagas e os representantes da Casa APIS, Centapi, Associação Nectar e Codevasf para viabilizar o uso desses laboratórios”, disse Nouga Cardoso.

O projeto é uma parceria entre a Secretária de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet), a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), a Associação Necta e a Central de Cooperativas Apícolas do Semiárido Brasileiro (Casa APIS). Essas duas últimas organizações são responsáveis pela administração do laboratório. Os equipamentos são um investimento do Governo do Estado e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

As pesquisas serão realizadas com o solo e a água subterrânea que existe em Picos, que influenciam diretamente, na produção de caju e mel. O pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UESPI, professor Geraldo Eduardo, informa que os termos de cooperação estão sendo redigidos e são apresentados, após a reformulação do comitê getor do Centapi. “Os termos de cooperação estão sendo preparados. Estamos aguardando apenas a reformulação do comitê gestor do Centapi, assim que isso ocorre apresentaremos os termos para a celebração da parceria. A previsão é que no segundo semestre de 2015 as pesquisas sejam iniciadas”, finaliza Geraldo Eduardo.

Ascom UESPI

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade