ad16
Geral

Vereador critica ação da Polícia Militar no povoado Cristovinho

Vereador Zé Luís comenta ação da Polícia Militar.
Vereador Zé Luís comenta ação da Polícia Militar. Foto: Jailson Dias

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Picos, realizada na tarde da quinta-feira (11), o vereador Zé Luís (PV) lembrou a ação da Polícia Militar no povoado Cristovinho, município de Picos, quando policiais militares se sentiram desacatados durante uma quadrilha. O fato ocorreu no dia 17 de julho. Na ocasião, após se sentirem desacatados com as palavras do animador da quadrilha e dar voz de prisão ao mesmo, os militares se viram obrigados a pedir reforço ante a revolta da população.

Representante político daquele povoado, o vereador Zé Luís disse que sentiu a necessidade de explicar da tribuna o que de fato teria ocorrido naquela festa, pois no entender do vereador, a versão da polícia teria sido mais divulgada. “A comunidade não entendeu e acabaram entrando em choque com a polícia e houve esse movimento todo”, comentou o vereador.

Zé Luís disse ainda que a população do povoado de Cristovinho teria ficado receosa após esse acontecimento. “O certo é que eles estão apavorados com essa ação da polícia”, declarou. Segundo o vereador o que teria de fato acontecido é que o narrador brincou com a pessoa que estava disfarçada de policial. “Alguns policiais que estava presentes não entenderam, chamaram reforços dizendo que a Polícia estava sendo desrespeitada”, comentou.

Algumas pessoas envolvidas na ocorrência policial entraram com uma ação contra a Polícia e contra o Estado. Apesar do pronunciamento o vereador elogia o trabalho desenvolvido pelo comandante do 4° BPM, major Sousa Filho.

Um dia após a ocorrência no povoado Cristovinho, o major Sousa Filho se pronunciou sobre o caso, quando informou que um inquérito seria aberto para apurar o que de fato aconteceu.

[ad#ad-3][ad#ad-3]
Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade