ad16
AutoPECASonline24.pt
Geral

Vereador pede transparência das contratações e licitações da PMP

Hugo Victor
Hugo Victor – Foto: Romário Mendes

Durante a sessão dessa quinta-feira (24) da Câmara Municipal de Picos o vereador Hugo Victor cobrou transparência nos atos públicos da Prefeitura Municipal de Picos. O plenário aprovou em definitivo a emenda do à Lei Orgânica Municipal, proposta pelo vereador Hugo Victor, acrescentando o § 3º ao Art. 108, que autoriza o Prefeito enviar semestralmente à Câmara uma relação nominal dos servidores efetivos e contratados, com o seu respectivo local de trabalho.

  De acordo com o parlamentar, o objetivo é saber realmente se os funcionários da prefeitura estão cumprindo suas funções de forma correta. “É pra saber quantas pessoas estão trabalhando, se elas estão exercendo mesmo aquela função. Queremos a relação de todos os funcionários da prefeitura e das suas secretarias para que a gente possa coloca-los pra trabalhar. Se eles estão sendo pagos pelo povo eles tem que trabalhar pelo povo picoense”, afirmou Hugo Victor.

 Além disso, foi aprovado por unanimidade o requerimento onde o vereador Hugo Victor solicita que a Prefeitura Municipal de Picos envie à Câmara todas as licitações acompanhadas da sua respectiva documentação, realizadas pela Prefeitura e as Secretarias Municipais, referentes ao período de janeiro de 2009 a abril de 2012.

 Segundo ele, o TCE – Tribunal de Contas do estado só recebe a documentção das empresas que vencem o processo licitatório e não de todas que participam. “A gente recebe denúncias de combinação. As mesmas empresas vencem essas licitações. Estamos pedindo transparência; que os recursos sejam aplicados da melhor maneira possível”, afirmou Hugo Victor.

 O parlamentar enfatiza a necessidade de transparência nos atos públicos da PMP e a aplicabilidade correta dos recursos. “Se a gente tivesse uma aplicabilidade desses recursos da maneira correta nosso município era outro com saúde de qualidade, ruas pavimentadas, segurança, iluminação pública de qualidade, educação e geração de emprego e renda. Em sete anos de gestão ordem e progresso não se tem uma atitude pra gerar emprego e renda”, finalizou.

Fonte: ASCOM

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade