ad16
Política

Vereador será julgado por infidelidade partidária no TRE

Rinaldinho
Vereador diz que já sabia dos riscos. Foto: Jailson Dias

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) julga nesta terça-feira, processo de cassação do mandato do vereador picoense José Rinaldo Cabral Pereira Filho, acusado de infidelidade partidária por ter trocado, sem justa causa, o PMDB pelo PSB.

A ação de perda de mandato contra o vereador foi ajuizada pelo então procurador regional eleitoral do Piauí, Marco Aurélio Adão, em 18 de novembro de 2011.

Na mesma sessão será julgado o pedido de cassação do diploma do primeiro suplente da coligação “Alavancando o Progresso” (PMDB/PSL e PRB), Raimundo Nunes Ibiapino, também acusado de infidelidade partidária por ter, sem justa causa, deixado o PMDB e se filiado ao PSB.

O relator do processo é o juiz substituto Válter Ferreira de Alencar Pires Rebelo. O pedido de decretação da perda de mandato foi solicitado pelo diretório municipal do PMDB, através dos advogados Tiago Saunders Martins e José David de Brito Júnior.

Na defesa do vereador Rinaldinho atuarão os advogados Guilhardo Cesár Medeiros Graça e Emmanuel Fonseca de Sousa. Na defesa do suplente Renato estão os advogados William Guimarães Santos de Carvalho e Luís Soares de Amorim. Com informações Jornaldepicos

cidades@cidadeverde.com

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Publicidade