ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

Vítima de acidente na ‘Beira Rio’, tem morte cerebral declarada no HRJL

De acordo com o relato de uma amiga da mulher acidentada, Iraneide Silva, ela estava voltando do trabalho no momento do acidente

Por volta do meio dia desta quarta-feira (20), foi registrado um acidente na Avenida Beira Rio, envolvendo uma motocicleta e uma van. A condutora da moto foi identificada como Nilda Barbosa, de 39 anos, ela ficou gravemente ferida após ser colhida pelo o outro veículo.

Segundo informações, o motorista da van invadiu a preferencial, derrubando a motociclista. Em seguida, ele teria fugido sem prestar socorro à vítima, que após o acidente foi levada para a cidade de Floriano, onde foi constatada uma possível morte cerebral.

De acordo com o relato de uma amiga da mulher acidentada, Iraneide Silva, ela estava voltando do trabalho no momento do acidente, ela disse também que Nilda Barbosa andava de forma regular, sempre de capacete e devagar.

“Ela vinha na mão correta e foi colhida por uma van que transportava os alunos e, segundo o que a gente sabe, era uma van de uma pessoa de Francisco Santos. Não sabemos ao certo quem conduzia no momento, se era o proprietário ou motorista”, relatou.

Iraneide acrescentou que as pessoas que se encontravam na van pediram para que o motorista prestasse socorro, mas isso não aconteceu. “Os estudantes que estavam na van ficaram gritando: a mulher caiu, a mulher caiu. E ele em alta velocidade se dirigiu ao Carvalho e dispersou os alunos e evadiu”, afirmou.

A família aguarda um posicionamento do Hospital Regional Justino Luz para que eles possam permitir a avaliação de um neurologista particular para reexaminá-la, pois ainda há esperança de que o estado de saúde dela possa ser revertido. “Se agarrando as últimas esperanças, acreditamos que Deus pode tudo, na sua infinita misericórdia, que ela possa se recuperar e estamos aqui pedindo oração por ela”, finalizou Iraneide Barbosa.

Fonte: Grande Picos

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade