ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Geral

Agricultores de Picos assinam propostas do programa Água Estiagem

Agricultores assinando propostas-Foto: Paula Monize
Agricultores assinando propostas-Foto: Paula Monize

Cerca de 94 agricultores do município de Picos se reuniram na manhã de hoje no Sindicato dos Trabalhadores Rurais para assinarem propostas de créditos. As propostas respondem ao programa Água Estiagem, criado desde 2012 pelo Governo Federal.

O programa visa atender as necessidades e demandas dos agricultores familiares que enfrentam problemas por conta da falta de chuvas.

De acordo com o Secretário de Políticas Agrícolas do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Picos, Francisco Pereira, o programa é destinado apenas aos agricultores familires que tem sua renda obtida em grande parte da agricultura. “Como requisito para concorrer a esta linha de crédito devem ser agricultores familiares tendo a ADAP B. Além disto, o agricultor deve de possuir uma fonte de renda de 70% somente proveniente da agricultura”, disse Francisco.

Francisco Pereira-Foto: Paula Monize
Francisco Pereira-Foto: Paula Monize

O crédito a ser disponível é de R$3.500 por família, onde o agricultor que se adeque as condições estabelecidas devem apresentar toda a documentação solicitada ao Banco. A linha de crédito permite dois anos de carência para a efetuação do pagamento e com bônus de 40%. O mesmo é destinado para a manutenção de animais, recursos hídricos e atividades agrícolas.

O secretário ressaltou que a liberação do crédito já deve ser efetuado a apartir da próxima semana. Francisco Pereira disse ainda que mesmo com o recebimento de outros benefícios como o Bolsa Estiagem, Garantia Safra, ainda sim os agricultores vêm tendo grandes prejuízos e perdas por conta da seca, cerca de 95% da safra foi perdida.

Agricultores a espera para assinar a proposta do programa-Foto: Paula Monize
Agricultores a espera para assinar a proposta do programa-Foto: Paula Monize

A agricultora Maria Socorro dos Santos Luz, 48 anos, oriunda do povoado de Fátima do Piauí, destaca que o benefício a ser recebido vai ser utilizado para a compra de rebanhos suínos “com o dinheiro vou comprar porcos e comprar ração”. A agricultora que com a seca teve de diminuir a criação dos seus rebanhos, atualmente cria apenas porcos e galinhas.

As próximas iniciativas do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Picos é recolher assinaturas no povoado Torrões.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade