ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Agricultura tem prenúncio ruim devido a chuvas abaixo da média no Piauí

Segundo a meteorologista Sônia Feitosa, a escassez de chuva se deve ao não aquecimento satisfatório das águas do Atlântico Sul.

O período chuvoso no Piauí foi abaixo da média e a tendência é que a estiagem castigue ainda mais a agricultura. Assim, culturas de grãos que dependiam dos últimos meses do período chuvoso serão prejudicadas. Segundo a meteorologista Sônia Feitosa, a escassez de chuva se deve ao não aquecimento satisfatório das águas do Atlântico Sul.

“As chuvas se comportaram abaixo da média em quase todo período chuvoso, exceto novembro que choveu acima da média. Daí a expectativa do agricultor plantar e achar que seria um bom resultado. Fevereiro foi levemente também acima da média. Fora esses dois meses a chuva foi bem abaixo da média, o que caracteriza um prenúncio ruim para a agricultura”, diz a meteorologista. 

Ela explica que os efeitos da falta de chuva refletem em seca maior e que há tendência de temperaturas acima da média na região Norte. Sônia Feitosa aponta como outra consequência noites mais quentes e madrugadas mais frias. 

“A temperatura está aumentando, a umidade relativa do ar está caindo e os ventos vão se tornar mais frequentes . Tudo isso contribui para aumentar a taxa de evaporação e, por conseguinte, tornar toda vegetação, nosso solo, nossa atmosfera mais seca”, completa a especialista. 

Em relação aos reservatórios d’água, mesmo com a escassez de chuva, as condições ainda são satisfatórias. 

“Para os reservatórios depende muito da quantidade de chuva, do dia e como a chuva acontece. Felizmente, em termos das nossas reservas hídricas superficiais, os açudes, não estamos em uma condição tão ruim. O nível está satisfatório”, destacou a meteorologista. 

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade