ad16
Geral

Âncora da Globo PI e coordenador do SINTERTELPI participam de debate em Picos

[ad#336×280]A escola ComRadio do Brasil por meio do Projeto Jovens Radialistas do Semiárido promoveu na manhã do último sábado, 8, mais um módulo do processo de formação, na ocasião estiveram presentes o Jornalista e Radialista João Neto e o Coordenador Presidente do Sindicato dos Radialistas do Piauí, Valdeck Moraes.

Um espaço de diálogo bastante produtivo onde estiveram reunidos alunos do projeto das turmas da cidade de Picos e Oeiras com integrantes de mais de 13 municípios da macrorregião unidos em um só propósito: absorver conhecimento.

Valdeck Moraes falou sobre sua trajetória na área da comunicação, esclareceu as duvidas dos alunos referente ao registro profissional de radialista, seus direitos como profissional e os desafios que o sindicato enfrenta na busca do reconhecimento da profissão e a regularização dos sistemas de comunicação para a valorização do profissional.

Valdeck Moraes e João Neto participaram de debate com estudantes de comunicação - Foto: Fabrício Sousa / Instituto Comradio do Brasil
Valdeck Moraes e João Neto participaram de debate com estudantes de comunicação –
Foto: Fabrício Sousa / Instituto Comradio do Brasil

“Somos radialistas de fato e direito e buscamos o reconhecimento e a valorização da profissão” disse Valdeck e finalizou sua fala afirmando estar colocando muitos profissionais no mercado de trabalho mas que este mercado não está preparado para receber profissionais habilitados.

“Vocês são privilegiados por que na minha época não tivemos esta oportunidade que vocês estão tendo, vocês estão se tornando profissionais capacitados e habilitados na profissão” disse o Jornalista João Neto também presente na cidade de Picos. Radialista e Jornalista de grande referência no estado trouxe sua contribuição aos alunos formandos do projeto.

SAM_3688
Jornalista João Neto

Jornalista da TV Clube, filiada a Rede Globo, João Neto (foto à esquerda) trouxe sua experiência profissional como incentivo, toda a sua experiência em rádio e TV foi explorado pelos jovens comunicadores em uma interação bastante produtiva.

Ao fim de sua fala, João Neto finalizou: “Comunicador não é aquele que tem uma voz bonita ou que é diferente, é aquele que sabe levar com mais facilidade a informação ao seu ouvinte. Esta profissão não é somente falar ao microfone, a profissão de radialista vai muito mais além”.

O Projeto Jovens Radialistas é coordenado pelo Instituto Comradio do Brasil com apoio da ONG suíça Brücke Le Pont e visa contribuir na formação de jovens comunicadores em situação de vulnerabilidade social.

 Fonte: Ascom

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade