ad16
AutoPECASonline24.pt
Destaques

APAE é furtada seis vezes; e diretora pede ajuda

[ad#336×280]A onda de furtos continua em alta na cidade de Picos. Desta vez, o alvo foi o prédio da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Picos – APAE, situada no bairro Conduru, que foi arrombado seis vezes durante o mês de dezembro de 2014, enquanto a instituição estava de recesso.

APAE de Picos - Foto: Paula Monize
APAE de Picos – Foto: Paula Monize

A diretora da APAE, Carmelita Carmem Trindade Araújo, explica que vários objetos foram furtados, incluindo duas baterias de um ônibus utilizado para fazer o translado dos alunos. Além disto, mantimentos, televisão e som também foram levados pelos criminosos.

IMG_1274

Carmelita Carmem, diretora da APAE - Foto: Paula Monize
Carmelita Carmem, diretora da APAE – Foto: Paula Monize

“Se era pra roubar, por que não outra casa e não a APAE? Somos uma instituição civil sem fins lucrativos”, lamenta a diretora.

Carmelita Carmem ainda ressaltou que sem condições financeiras, a instituição não possui um vigilante noturno já que o orçamento mensal é de R$4 mil, utilizado apenas para efetuar o pagamento dos funcionários. O valor citado também compromete a aquisição de equipamentos e mantimentos.

Suspeitos

A diretora da APAE explica que prestou boletins de ocorrência, mas até agora nada de concreto foi feito.A mesma teria recorrido à Polícia Civil para que investigadores realizassem uma busca pelo local com o objetivo de encontrar algum indicio que denotasse a identidade dos suspeitos.

Segundo ela, existe um forte suspeita de que seja o autor dos arrombamentos, onde um homem foi visto com os objetos citados, e que o mesmo ainda teria pedido ajuda a um vigilante de uma empresa de locação de veículos nas proximidades, enquanto chamava um mototáxi. “Temos fortes suspeitas, sabemos até o nome do mototáxi que levou o homem e os objetos furtados, mas necessitamos da presença da polícia para comprovar a suspeita”, disse Carmelita Carmem.

IMG_1263

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade