ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Após seis dias de greve, bancários decidem voltar ao trabalho no Piauí

[ad#336×280]Os bancários do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e bancos privados no Piauí decidiram em assembleia nesta segunda-feira (6) encerrar a greve e voltar ao trabalho normalmente a partir dessa terça-feira (7). Eles se reuniram no Sindicato dos Bancários e decidiram por unanimidade acabar com o movimento grevista. Os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) recusaram a proposta e decidiram pela continuidade da greve.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Arimateia Passos, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban)  propôs elevar o índice de reajuste de 7,35% para 8,5% (aumento real de 2,02%) nos salários e demais verbas salariais, de 8% para 9% (2,49% acima da inflação) nos pisos e 12,2% no vale-refeição. “Foi uma proposta que os funcionários dos bancos privados e da Caixa e do Banco do Brasil, mas rejeitada pelo BNB, assim nós daremos total apoio a esses trabalhadores que rejeitaram a proposta”, afirmou.

Agência do Banco do Brasil no Centro de Picos - Foto: Romário Mendes
Agência do Banco do Brasil no Centro de Picos – Foto: Romário Mendes

A greve teve início no dia 30 de setembro e fechou agências em todos os estados mais o DF. A greve foi iniciada apenas em agências bancárias, mantendo o funcionamento de caixas eletrônicos.

Em relação aos dias parados, a entidade dos bancos propôs compensação de uma hora por dia no período de 15 de outubro a 31 de outubro, para quem trabalha 6 horas, e uma hora no período entre 15 de outubro e 7 de novembro, para quem trabalha 8 horas.

Fonte: G1 Piauí

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade