ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Assédio e violência contra a mulher aumentam em uma década no Piauí

[ad#336×280]Os casos de assédio e violência sexual contra mulheres cresceram nos últimos 10 anos no Piauí. Levantamento realizado pela Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais (Cepro) revelou as cidades do estado que apresentam os maiores índices de assédio sexual. Segundo o estudo, a capital Teresina concentrou 67% dos casos, com 1.959 ocorrências entre os anos de 2004 e 2013.

Depois de Teresina, outras cinco cidades completam a lista de campeãs em casos de assédio contra mulheres no estado. As cidades de Altos, Campo Maior, José de Freitas, União e Água Branca ocupam, respectivamente, a sequencia do ranking. A pesquisa apontou ainda que na maioria dos casos, parentes e vizinhos das vítimas são os principais agressores.

Imagem: Simões na NetMulher não corre risco de vida
Imagem: Simões na Net – Violência contra a mulher

A Comissão de Defesa da Mulher da OAB/PI luta para ampliar os direitos além do que a legislação já defende contra os crimes domésticos. De acordo com a advogada Geórgia Nunes, a comissão luta para incluir o feminicídio do Código Penal. “Nossa principal batalha agora é fazer com que o feminicídio seja incluído no Código Penal como uma qualificadora do homicídio”, falou a advogada.

Segundo ela, o Projeto de Lei já foi aprovado no Senado e espera votação na Câmara agora para o mês de março. “Nossa luta é justamente para ampliar na legislação também a quantidade de instrumentos para a apuração e repressão de crimes praticados contra a mulher”, completou Geórgia Nunes.

G1 Piauí

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade