ad16
DestaquesTodas as Notícias

Berimbau de Ouro retorna as suas atividades no Parque de Exposição

A organização sem fins lucrativos tem também como meta concluir o imóvel onde funcionarão as aulas do projeto

O Berimbau de Ouro retornou as suas atividades no dia 16 de agosto deste ano. Com a pandemia o grupo chegou a parar as aulas do projeto Arte e Vida, oportunidade que aproveitou para se aperfeiçoar e colocar em prática outros trabalhos que tinha iniciado há mais de dois anos, como a preparação de um CD com dez músicas autorais para ser lançadas em breve, músicas de autoria e interpretação do próprio Mestre Joaquim Rodrigues da Silva, fundador do grupo.

A organização sem fins lucrativos tem também como meta concluir o imóvel onde funcionarão as aulas do projeto, por enquanto os encontros continuam no CAIC, centro educacional que apoiou a iniciativa do grupo em trabalhar a capoeira com crianças e adolescentes carentes.

Segundo o Mestre Joaquim, responsável pelo Berimbau de Ouro, existem muitas razões para se buscar recursos, como a falta de fardamento e lanche dos alunos.

O grupo esta participado do edital Nº 01/2021/SECULT/PICOS: PRÊMIO JOSÉ ROBERTO GOMES – “ROBERTINHO BREGA” DE RECONHECIMENTO CULTURAL A ESPAÇOS, COLETIVOS E PESSOAS JURÍDICAS DO MUNICÍPIO DE PICOS-PI, lançado pela Prefeitura Municipal de Picos.

Segundo Mestre Joaquim, só é possível efetivar estas ações por completo com ajuda de políticas públicas para o setor cultural, como este prêmio vindo através da Lei Aldir Blanc no Município de Picos, ou ainda com ajuda de amigos do projeto e inciativa privada.

O grupo está atualmente com 60 crianças e adolescentes carentes do Bairro Parque de Exposição. As atividades são nas áreas da educação, cultura, esporte e lazer. As aulas ocorrem três vezes por semana no CAIC. Qualquer criança ou adolescente pode participar. Crianças a partir de oito anos, sem restrição. Os pais ou responsáveis podem efetuar a inscrição sem custo.

O Berimbau de Ouro tem muitos trabalhos registrados em Picos e outras cidades. A grande parte dos projetos ocorreu em instituições de ensino. Surgiu em 1988 como grupo, em 2005 passou a ser Associação de Capoeira Berimbau de Ouro. Um dos braços direito do Mestre Joaquim é sua esposa Isaura, professora de capoeira e terapia para terceira idade.

Texto: Gean Carvalho

Fotos: Genilson Rodrigues

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade