ad16
DestaquesTodas as Notícias

CTA de Picos ganha nota máxima em Controle de Qualidade

A avaliação é realizada pelo Ministério da Saúde que analisa o desempenho das atividades laboratoriais de carga viral.

O Centro de Testagem e Aconselhamento de Picos (CTA) foi aprovado com excelência na Avaliação Externa da Qualidade (AEQ). A avaliação é realizada pelo Ministério da Saúde que analisa o desempenho das atividades laboratoriais de carga viral.

De acordo com a biomédica, Iara Góis, o controle de qualidade são metodologias utilizadas dentro da área laboratorial para avaliar se os exames que estão sendo realizados pelos laboratórios estão dentro dos parâmetros esperados.

“No caso se os resultados que estão acontecendo, e são liberados pelo laboratório são de fatos resultados verídicos. O Ministério enviou as amostras para o controle, nós realizamos os exames de carga viral e enviamos os resultados para o Ministério, e lá, eles tinham uma tabela do valor dos resultados, e quando eles foram comparar os nossos resultados avaliados, eles viram que foram iguais aos resultados esperados, por isso recebemos o resultado de excelência”, explicou a biomédica.

Biomédica, Iara Góis (Foto: Daniel Holanda)

Segundo a Biomédica, Ligia Gervásio, o CTA realizou dois exames de controle de qualidade. “Aqui no CTA foram realizados dois exames de controle de qualidade, o de HIV e o de HCV”, completou a biomédica.

Biomédica, Ligia Gervásio (Foto: Daniel Holanda)

O Coordenador do CTA de Picos, Fabio Bernardes, recebeu o resultado da avaliação com grande alegria e satisfação. “Esses resultados deixou toda a equipe muito feliz, essa é uma avaliação que o Ministério fez com laboratórios do Brasil inteiro, a nossa equipe recebeu uma nota de excelência, então isso mostra a seriedade do trabalho que o CTA vem realizando nos últimos anos, principalmente no quesito de qualidade”, destacou o Coordenador.

Coordenador Administrativo do CTA, Fábio Bernardes (Foto: Maria Ivonete)

O que é o Programa de Controle?

O programa AEQ constitui um instrumento com foco educacional, não punitivo, não obrigatório e gratuito. A participação na AEQ-TR destina-se a todos os profissionais das unidades públicas de saúde que atuam realizando testes rápidos em sua rotina.  A participação permite que cada profissional dos serviços integrantes da rede do Ministério da Saúde avalie individualmente seu desempenho perante a execução de testes rápidos. Além disso, permite que cada profissional reflita sobre os resultados obtidos nas rodadas e, se necessário, aprimore suas práticas, mantendo-se treinado e atualizado, executando corretamente os testes, a fim de produzir resultados confiáveis para os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: CCOM- PMP

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.