ad16
DestaquesGeral

Desembargador decreta ilegalidade da greve dos policias militares do Piauí

Desembargador Luís Gonzaga Brandão de Carvalho - Foto: Divulgação
Desembargador Luís Gonzaga Brandão de Carvalho - Foto: Divulgação

No plantão do Tribunal de Justiça, o desembargador Luís Gonzaga Brandão de Carvalho decretou a ilegalidade da greve dos policias militares do Piauí. Ele considera o serviço essencial para a segurança da população.

“É um serviço em benefício da sociedade”, disse o desembargador [foto] em seu despacho proferido na tarde deste sábado (13). Brandão cita também que além da quebra de hierarquia, a Constituição Federal proíbe esse tipo de paredista.

O desembargador determinou que os policiais devem retornar ao serviço imediatamente.

Os protestos dos Bombeiros e Policiais Militares por melhores salários e condições dignas de trabalho começaram na semana passada. Na última quarta-feira (10), após assembleia, as categorias decidiram se aquartelar. Como não têm direito a greve, policiais e bombeiros comparecem ao local de trabalho, mas não saem às ruas. Apenas situações de extrema emergência, onde vidas humanas estão em risco, estão sendo atendidas.

Fonte: Portal AZ

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade