ad16
DestaquesGeralPolíticaTodas as Notícias

Dilma declara amor ao Piauí e ataca preconceito ao NE

[ad#336×280]O primeiro ato da candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), na campanha do segundo turno foi marcado desabafos e crítica às declarações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Na última segunda-feira, FHC disse que o PT cresceu nos grotões porque tem voto dos menos informados.

“Tem gente que olha para o Nordeste com olhar de quem governou o País só pra outra região. Aqueles que dizem que aqui são as pessoas com menos compreensão, menos educação e não sabem votar é porque não acompanharam tudo que vem acontecendo aqui nesta região”, disse Dilma Rousseff durante ato político em Teresina, capital do Piauí.

Dilma ao lado de Wellington Dias e lideranças estaduais - Foto: Yala Sena/ Cidade Verde
Dilma ao lado de Wellington Dias e lideranças estaduais – Foto: Yala Sena/ Cidade Verde

A candidata Dilma Rousseff também afirmou que irá trabalhar no Piauí a experiência da Copa do Mundo na segurança e combate à violência. Durante ato de campanha nesta quarta-feira (8) em Teresina, a presidente afirmou que as medidas serão adotadas em parceria com o governador eleito Wellinton Dias (PT).

dilma_pi_006

Dilma Rousseff afirmou que irá solicitar a alteração na Constituição para que o Governo Federal também seja responsável pela segurança. “A segurança pública é uma responsabilidade dos estados. Isso é errado. temos que alterar a Constituição para que o Governo Gederal também tenha responsabilidade”, declarou.

Em seu discurso, a candidata anunciou que pretende integrar as polícias Militar (PM), Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF), para que trabalhem de forma coordenada. “Nós somos capazes de derrotar o crime organizado e a violência”, afirmou.

Oração e agradecimento
Depois de rezar a oração do “Pai Nosso”, Dilma Rousseff agradeceu aos piauienses pela votação no primeiro turno, quando atingiu 70% dos votos válidos no Estado, o maior percentual do Brasil. “Todo o Piauí, eu te amo”, declarou a candidata, no primeiro ato no segundo turno das eleições. “O Piauí me deu uma consagração. Estou imensamente feliz”.

Dilma Rousseff elogiou o Piauí pelos resultados na educação, em especial nas Olimpíadas de Matemática e no desempenho dos alunos da cidade de Cocal dos Alves. Citou também a maior concentração de doutores registrada em Bom Jesus do Piauí, e disse que a educação será uma prioridade por ser o “centro de tudo”. Também garantiu compromisso com a infraestrutura e o transporte urbano.

dilma_pi_005

“O Piauí é um Estado que tem vocação para se dedicar ao conhecimento, à educação de qualidade. Eu tenho tido muito orgulho nas Olimpíadas de Matemática, de ver os meninos de Cocal dos Alves ganhando medalhas”, comentou.

A petista elogiou a força das mulheres e citou Regina Sousa, presidente do diretório do PT no Piauí e futura senadora, na vaga a ser aberta com a vinda de Wellington Dias para o Governo do Estado. “Isso é um orgulho para o Piauí”, afirmou.

“Eu começo minha campanha aqui pelo Piauí, pelo Nordeste. Eu tenho uma dívida. Digo uma dívida porque sempre ganhei no Nordeste, mas a dívida não é por isso. É uma dívida de responsabilidade de qualquer presidente da República”, acrescentou. “Aqui tem um povo trabalhador, esforçado. Um povo comprometido com o nosso país. Por isso, desde o governo Lula e no meu governo tenho olhado com atenção especial para essa região, que foi tradicionalmente prejudicada por uma visão elitista da o Brasil”.

Críticas aos adversários
A candidata à reeleição afirmou que existe uma visão elitista que prejudica o Nordeste. Também alfinetou os adversários que estariam prometendo melhorar os programas Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida.

“Eu quero dizer que temos que superar essa visão elitista. O governo deles tirou o pobre do orçamento. Meus adversários dizem que vão fazer melhor. Por que não fizeram antes? É a minha pergunta. E por que quando puderam, fizeram o bolsa família mirradinho?”, criticou.

Sobre o programa habitacional, a candidata questionou: “Como eles vão melhorar se nunca fizeram, e quando puderam não fizeram?”.

dilma_pi_003

Sobrou para a Prefeitura…
No discurso, a candidata afirmou que a Prefeitura de Teresina aderiu ao programa Mais Médicos e o Governo Federal enviou dois profissionais brasileiros, que se afastaram por terem sido aprovados em residência médica. Dilma disse que o governo ofereceu outros dois médicos, mas estrangeiros, o que seria a razão para uma recusa da prefeitura. A petista classificou o fato como “absurdo. Isso prejudica a população do Piauí”.

A prefeitura da capital é administrada por Firmino Filho (PSDB), do mesmo partido de Aécio Neves, adversário da presidente no 2º turno das eleições.

Em coletiva de imprensa após a plenária, Dilma voltou a dizer que o Nordeste é a região que mais cresce em seu governo e deu a ela uma votação consagradora, e que o Piauí crescerá mais com a volta da administração do PT. “O Piauí era um e hoje vai se tornar outro com Wellington Dias no governo”.

FONTE: Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade