ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Geral

Eleições: Justiça Eleitoral solicita reforço do Exército para Picos

O objetivo é liberar mais policiais militares para os municípios vizinhos

 A reunião teve o objetivo de tratar sobre a atuação da polícia durante o período que antecede as eleições e o dia do pleito municipal. O encontro aconteceu no auditório do Cartório Eleitoral, na última terça-feira (07).

O Juiz da 62ª Zona Eleitoral, Geneci Benevides Ribeiro, informou que participaram da reunião policiais das cidades de Geminiano, Santo Antônio de Lisboa, Sussuapara, São José do Piauí, Picos, Aroeira do Itaim, Paquetá do Piauí, Dom Expedito Lopes e Santana do Piauí. Também estiveram presentes os promotores eleitorais Marcelo Monteiro e Flávio Teixeira, além delegados locais.

“Como todo mundo sabe a polícia militar e as outras autoridades têm o dever de prender quem quer que se encontre em flagrante de delito seja num crime eleitoral ou num crime propriamente dito. Então a nossa mensagem é agir com o rigor da Lei, mas sem excesso. Para isso, temos meios para justamente não se usar de violências desnecessárias”, ponderou Geneci Benevides.

Segundo o Magistrado, a Justiça Eleitoral também solicitou junto ao TRE/ PI (Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Piauí) o reforço das forças armadas para as eleições em Picos. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) será a instância encarregada de julgar o pedido. Geneci Benevides entende que PM tem a capacidade de realizar o trabalho, no entanto, por conta do seu contingente reduzido demanda um auxílio extra. Porém, ele ressalta que as funções de prender quem infringir a Lei Eleitoral e transportar as urnas continuarão sendo da polícia militar.

“A gente não sabe quanto serão [os militares enviados] porque isso depende da organização deles [Exército]. Apenas mandamos dizer qual o nosso efetivo de polícia, qual é a nossa área de atuação e eles são quem fazem essa programação”, disse o Juiz da 62ª Zona Eleitoral. Ele concluiu dizendo que o reforço será exclusivo para Picos. “A gente pede para Picos para liberar a polícia militar para os municípios menores”.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade