ad16
GeralTodas as Notícias

Governador anuncia tabela de pagamento de 2018 similar a 2017

O governador Wellington Dias (PT) anunciou que a tabela de pagamentos dos servidores estaduais de 2018 será feita de acordo com a deste ano e que foi projetada, “acima de tudo com responsabilidade”, pela equipe econômica.

Nesta quarta-feira (20), o governador passou uma mensagem de otimismo quanto a economia do Piauí, dizendo acreditar que o próximo ano será melhor para as Finanças. Ele participou da entrega da reforma e ampliação da escola estadual de tempo integral João Henrique Sousa, no bairro Morada Nova, zona sul de Teresina.

“A tendência é manter a mesma tabela deste ano. Eu dei a equipe a tarefa de fazer de acordo com as projeções,  mas com muita responsabilidade. Estou confiante que, em 2018, vamos não só cumprir a tabela mais trabalhar as condições de ampliar investimentos”, destacou Wellington Dias. 

A tabela de pagamentos do Estado será anunciada hoje pela Secretaria de Fazenda ao meio dia em coletiva para a imprensa . O governador se utilizou de um ditado conhecido no futebol para ressaltar que continuará lutando para fazer investimentos e gerar desenvolvimento ao Estado. 

“O Piauí está cumprindo a tabela, mas time não pode entrar em campo só para cumprir tabela, então temos que trabalhar para garantir os serviços e atividades funcionado e para fazer investimentos”.

O governador lembrou que atualmente existem 14 Estados que não conseguiram pagar ainda o 13º, inclusive do ano passado ainda, como Rio Grande do Sul Rio de Janeiro Minas Gerais, que são Estados grandes.

“São cerca de 1,5 milhões de servidores sem receber e nesses está incluído até o 13º de 2016”. 

Além disso, ele falou com otimismo sobre 2018. “Dificuldades existiram e existirão sim, mas quando elas são grande, a vitória é maior ainda. Acredito em um ano melhor, acho que 2017 chegou em um patamar tão baixo na economia que é praticamente impossível decrescer. Agora a tendência é um ano melhor”.

O gestor lembrou ainda que foram feitos investimentos em cerca de 300 escolas de 2015 a 2017 e o governo investiu na descentralização dos serviços de saúde. Como também foram feitos investimentos em obras, construção de estradas, pontes, rodoanel, calçamentos, melhorias em habitação, cultura e em outras áreas.

Cidade Verde

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também