ad16
DestaquesEconomiaTodas as Notícias

Governo do Piauí pagou R$ 17 milhões a servidores falecidos

A Secretaria de Administração do Piauí apurou que familiares de cerca de três mil servidores inativos já falecidos continuavam recebendo os salários deles indevidamente. O rombo aos cofres do estado chegou a R$ 17 milhões. A informação veio através do cruzamento de informações de CPF, identidade, cadastro de mortos e nomes de pai e mãe de cada um deles.

Segundo o secretário de administração, Franzé Silva, esse cruzamento de informações era feito até 2005. “Foram pagos R$ 17 milhões para servidores já falecidos e queremos trazer de volta para o governo todos esses recursos para serem aplicados devidamente. Queremos esses recursos para manter a saúde financeira do estado. Vamos ficar ainda mais vigilantes. Não queremos que o recurso público seja de uma forma irregular”, disse.

Franzé Silva - secretário estadual de Administração e Previdência
Franzé Silva – secretário estadual de Administração e Previdência

Ainda segundo o secretário, o estado já conseguiu recuperar mais de R$ 800 mil. “Nós já conseguimos reaver cerca de 810 mil. Detectamos as contas sacadas e encaminhamos para a Procuradoria Geral para que ela tome as medidas legais. No processo de recadastramento detectamos essa anomalia e só passamos a liberar a folha após essa checagem de dados”, explicou.

G1 Pi

LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também