ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
Geral

Greve dos Correios continua sem acordo

[ad#336×280]A greve dos Correios de Picos que já perdura por mais de 10 dias, continua  por falta de acordo entre o Sindicato dos trabalhadores dos Correios do Piauí (Sintect) e a empresa dos Correios. Os manifestantes que reivindicam por melhores condições salariais e linearidade de salários, além de segurança no local de trabalho, ainda não obtiveram uma reposta concreta da empresa.

Para o agente dos Correios, Marcos Willams, o objetivo principal da classe estar em greve é o reajuste salarial de 8% extensivo a todos os benefícios. “As manifestações tem ocorrido principalmente em favor do aumento salarial para 8%, e aumento linear de R$ 100” disse Marcos Willams.

Carteiro Marcos Willians-Foto: Paula Monise
Carteiro Marcos Willians-Foto: Paula Monize

Enquanto isto, a Agência dos Correios de Picos continua com parte das atividades paralisadas. As correspondências simples (cartões de crédito, faturas etc.) não estão sendo entregues aos seus devidos destinos.

Carteiros parados em frente a agência dos Correios-Foto: Evandro Alberto
Carteiros parados em frente a agência dos Correios-Foto: Evandro Alberto

O Gerente Regional dos Correios Antônio José Bezerra declarou a nossa reportagem que os atendimentos continuam sendo realizados, e a parte operacional tem efetivado a entrega de malotes, Sedex e correspondências mais urgentes.

“Os atendimentos continuam normais, pois os atendentes da agência não entraram em greve. Além disto, as correspondências mais urgentes vem sendo entregues por parte do efetivo que não aderiu a greve” disse Antônio Bezerra.

Faixas demonstrando insatisfação da classe-Foto: Evandro Alberto
Faixas demonstrando insatisfação da classe-Foto: Evandro Alberto

O mesmo ainda declarou que a empresa respeita o direito de greve dos manifestantes, e que estão operacionalizando os serviços de entrega para que a sociedade picoense não seja prejudicada. Porém ressaltou o atraso na entrega das correspondências.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade