ad16
EducaçãoGeralTodas as Notícias

Jornada ampliada de Tempo Integral é destaque no Piauí

A procura por matrícula nas escolas de Tempo Integral, da Rede Pública Estadual de Ensino do Piauí, tem sido o diferencial para mais de 59 mil estudantes, que procuram por essa modalidade de ensino, estimulados pela jornada ampliada e suas inúmeras possibilidades de estudo, esportes, que têm contribuído significativamente nos indicadores educacionais do Estado.

Dados do Censo Escolar 2013 apontam um crescimento de 11,5% nas matrículas no Ensino Fundamental de Tempo Integral, sendo que no Nordeste, além do Maranhão e Ceará, se destaca o Piauí com o acréscimo de 162,73% na matrícula final. Somente nas Escolas de Tempo Integral Ensino Médio houve um aumento de 3,73% na participação da matrícula, de acordo com análise das informações contidas nos relatórios de 2012-2013.

O Tempo Integral se consolida como proposta voltada para o crescimento qualitativo do desempenho dos alunos, através de atividades diferenciadas e práticas, que ampliam a jornada escolar para sete ou nove horas diárias", destaca o secretário de Educação, Átila Lira
O Tempo Integral se consolida como proposta voltada para o crescimento qualitativo do desempenho dos alunos, através de atividades diferenciadas e práticas, que ampliam a jornada escolar para sete ou nove horas diárias”, destaca o secretário de Educação, Átila Lira

Os números revelam o compromisso do Governo do Estado do Piauí, consolidado na ação afirmativa da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) que não tem poupado esforços e nem investimentos na construção de novas escolas que atendam aos pré-requisitos estruturais para o funcionamento de Tempo Integral.

“O Tempo Integral se consolida como proposta voltada para o crescimento qualitativo do desempenho dos alunos, através de atividades diferenciadas e práticas, que ampliam a jornada escolar para sete ou nove horas diárias”, destaca o secretário de Educação, Átila Lira. Essa expansão diversifica as possibilidades de apreensão dos conhecimentos, seja através de atividades de reforço em leitura e produção de textos, bem como práticas esportivas e artísticas.

“Os alunos sentem mais prazer de estudar, pois são estimulados diariamente e isso reflete diretamente nos indicadores educacionais. O governador Wilson Martins tem dado todo o apoio para continuarmos ampliando essa modalidade de ensino e atender cada vez mais piauienses”, finaliza Átila Lira.

Sobre os resultados educacionais oriundos da jornada ampliada, o Diretor do CEMTI João Henrique de Almeida Sousa, Gedeão Santes Machado, declara-se um defensor do Programa de Tempo Integral e cita como exemplo de bom desempenho a participação dos alunos no Projeto do “Parlamento Jovem”.

“No Projeto Parlamento Jovem tivemos o melhor trabalho escrito do Estado em 2012 e alcançamos o 1° lugar do Brasil em 2013. Essa vitória dos alunos é resultado das aulas de leitura e produção de textos trabalhadas no Tempo Integral. Os alunos escreveram um projeto de lei, que é um documento técnico”, enfatiza o gestor, entusiasmado.

A realidade em destaque é um reflexo do desenvolvimento da educação pública no Estado e se revela na procura por vagas e no número efetivo de matrículas nas escolas de Tempo Integral. Essa tendência de aumento de matrículas ocorre em todo nordeste do Brasil e tem inspirando os gestores estaduais da educação para o trabalho de ampliação, reforma e construção de escolas que atendam essa modalidade de ensino.

Tendo em vista o alcance da meta do PNE para 2020, que prevê que todas escolas serão de tempo integral, o Governo do Estado reafirma seu projeto de uma Educação como pilar para o desenvolvimento, e divulga como uma das ações estratégicas mais importantes da Seduc, a construção de mais 31 novas escolas de Tempo Integral em 2014.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade