ad16
PolíticaTodas as Notícias

Jornalista Arimatéia Azevedo volta a ser preso pela Polícia Civil

Além de Arimateia Azevedo, o advogado Rony Samuel de Negreiros Nunes também foi preso pela Polícia Civil nesta quinta-feira (07) no município de São Raimundo Nonato, onde atua no cargo de ouvidor geral da prefeitura. 

Atualizada às 8h45

O jornalista Arimateia Azevedo foi preso na manhã desta quinta-feira (07) pela Polícia Civil. A informação foi confirmada ao Cidadeverde.com por uma das filhas do profissional, que disse que ele estava em casa, na zona sudeste de Teresina, no momento em que foi levado pela Polícia. 

Sem dar maiores detalhes, a filha de Arimateia informou que irá acompanha a situação. 

Além de Arimateia Azevedo, o advogado Rony Samuel de Negreiros Nunes também foi preso pela Polícia Civil nesta quinta-feira (07) no município de São Raimundo Nonato, onde atua no cargo de ouvidor geral da prefeitura. 

Os dois são investigados em um inquérito que apura a possível prática de extorsão contra o empresário Thiago Ramos Duarte, proprietário de uma distribuidora de medicamentos. A investigação é presidida pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). 

Os mandados de prisão foram expedidos pelo juiz Valdemir Ferreira Santos, coordenador da Central de Inquéritos de Teresina. 

Essa é a segunda vez que o jornalista é preso em pouco mais de um ano. Em junho do ano passado, ele foi alvo de uma operação realizada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), acusado da prática de extorsão contra um médico da capital. 

Na ocasião, o jornalista teve a prisão domiciliar concedida dias após ser detido. Em novembro, por decisão do Superior Tribunal de Justiça(STJ), ele foi solto e passou a responder ao processo em liberdade. 


Aguarde mais informações 

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade