ad16
DestaquesSaúdeTodas as Notícias

Piauí registra aumento de 52,7% de casos de dengue, diz Sesapi

O Boletim apresenta ainda que no Piauí, os municípios de Geminiano, Santa Luz, Ilha Grande, Palmeira do Piauí e Gilbués são as regiões com maior incidência da doença.

O estado do Piauí apresentou um aumento de 52,7% de casos de dengue de acordo com os dados da 38º semana epidemiológica do ano divulgado pelo Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) nesta quinta-feira (07). O crescimento foi registrado em comparação aos casos ocorridos no mesmo período no ano passado.

Ainda segundo os dados da Sesapi, a capital Teresina, Picos, Gilbués, Bom Jesus e Ilha Grande são os municípios piauienses que mais apresentaram casos novos da doença.

O Supervisor de entomologia da Sesapi, Ocimar Alencar, destaca que os cuidados por parte da comunidade são essenciais para resultar em uma redução dos casos. 

“O boletim aponta que neste ano já foram confirmados 2.322 casos de dengue então é essencial que todos trabalhem para evitar que esse número continue aumentando. Evitem ambientes com água parada, limpeza dentro de casa e ações do poder público para limpar áreas dos municípios propícias à proliferação dos mosquitos vetores são essenciais”, destacou o supervisor.

O Boletim apresenta ainda que no Piauí, os municípios de Geminiano, Santa Luz, Ilha Grande, Palmeira do Piauí e Gilbués são as regiões com maior incidência da doença, ou seja aqueles com o maior número de casos em relação a sua população total.

“Uma ação conjunta do poder público com a sociedade é essencial nesse momento para reduzirmos o número de novos casos de dengue”, reforçou Ocimar Alencar. 

Também de acordo com os dados do Boletim da 38° Semana epidemiológica, foi registrado um crescimento do número de casos de Chikungunya no estado em relação ao mesmo período de 2020, o aumento foi de 35,1%.

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade