ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
JaicósTodas as Notícias

Missa no alto de morro renova tradição e reúne centenas de fieis em Jaicós

Centenas de fiéis católicos participaram na manhã desta quarta-feira, (03), da tradicional Missa da Venerada Santa Cruz em Jaicós. A missa é celebrada no topo do Morro dos Três Irmãos, situado na zona rural do município e renova uma tradição quase centenária, datada de 1919.

A missa é uma antiga tradição religiosa iniciada no ano de 1919. Na ocasião, o padre Miguel Reis Melo presidiu a primeira Missa aos pés do cruzeiro que havia sido instalado por dois missionários em 1917. Segundo moradores, durante 20 anos a Missa da Venerada Santa Cruz deixou de ser celebrada. A decisão foi tomada pelo vigário ecônomo da Paróquia, padre André Fillipi, alegando que festa estaria perdendo o caráter religioso. As celebrações só foram retomadas no ano de 1996, pelo padre Gregório Leal Lustosa, vigário paroquial da época, e desde então, atrai um grande número de fiéis ao topo do Morro.

O evento, segundo conta a história, é uma antiga tradição religiosa iniciada no ano de 1919
O evento, segundo conta a história, é uma antiga tradição religiosa iniciada no ano de 1919

Este ano o padre Antônio Mendes, pároco da Paróquia de Nossa Senhora das Mercês, de Jaicós presidiu a celebração com os padres Edivaldo Santos, da Paróquia de São Sebastião, de Patos do Piauí, e Francisco Pereira Borges, da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, de Picos.

Para muitos, a Missa da Venerada Santa Cruz é momento de agradecimento pelas graças alcançadas. São muitas as manifestações de fé e devoção. A jovem Marcilene Batista, que reside na localidade Tanque dos Batistas, município de Jaicós, permaneceu ajoelhada em frente ao altar durante toda a Missa, que se estendeu por cerca de 90 minutos.  Em entrevista a um portal local, ela explicou que o sacrifício era um gesto de agradecimento pela recuperação de saúde de sua prima recém-nascida.

Outra prática dos pagadores de promessa são acender velas, soltar fogos, depositar peças de parte do corpo esculpidas em madeira, e a caminhada entre a cidade de Jaicós e o topo do Morro. O fisioterapeuta Flávio Junior compartilhou dados da caminhada em seu perfil na rede social. O percurso de 18,5 km de distância foi feito em 2h43. Ele também publicou uma foto ao lado de outras pessoas que realizaram a caminhada.

Com informações de Cidadesnanet
[email protected]

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade