ad16
AutoPECASonline24.pt
GeralTodas as Notícias

Novo auxílio emergencial: descubra como vai ser distribuído

A nova rodada pretende durar 4 meses, podendo ser prorrogada de acordo com o cenário da pandemia.

Foi declarada a medida provisória referente a nova rodada do auxílio emergencial que se encerrou no mês de dezembro de 2020 que este ano tem previsão de pagamento para o mês de abril depois dos tramites necessários.

A nova rodada pretende durar 4 meses, podendo ser prorrogada de acordo com o cenário da pandemia. A principal exigência segue da mesma forma anterior renda familiar per capita de até meio salário mínimo (550) e total de até três salários mínimos (3,300,00).

Segundo o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da saúde Paulo Guedes, o valor previsto ficaria  entre 250,00,ou seja os valores ficarão entre 150 e 375,00 bem abaixo dos valores referente ao ano passado e bem inferior se comparado com a cesta básica dos brasileiros e sem somar as demais necessidades, o Brasil está passando pelo pior momento desde o início da pandemia e isso reflete absurdamente na economia.

Já foi aprovado no Congresso Nacional a PEC emergencial que autoriza o pagamento do auxílio fora do teto de gastos, porém o governo já estava sendo muito cobrado para se posicionar em relação ao auxílio.

Umas das regras impostas divulgada nesta semana é o pagamento para uma pessoa de cada família, limite que foi divulgado pelo ministério da cidadania responsável pelos últimos ajustes nas regras , diferente do auxílio anterior que permitia o recebimento do auxílio para até dois membros de cada família.

Como serão distribuídos os valores entres as famílias?

A maior parte dos beneficiários receberá o valor mínimo pois fazem parte dos 20 milhões de brasileiros que se enquadram na categoria “unipessoal”, ou seja, apenas uma pessoa, o valor será de 150,família que integram duas pessoas ou mais  o valor pago será de 250,00 e mulheres chefes de família que anteriormente recebiam valor de até 1200,00 receberá 375,00.

Aproximadamente 46 milhões de pessoas receberão o auxílio, cerca de 22 milhões de pessoas a menos que referente ao ano passado, devido as novas regras muitas pessoas ficarão de fora segundo a nova MP.

A CNN aclarou que  dos quase 46 milhões de beneficiários são: 28 milhões são pessoas cadastradas no aplicativo da caixa,6 milhões pelo cadastro único ,e o restante  beneficiários do bolsa família.

A caixa solicitou que os beneficiários atualizem seus cadastros pelo aplicativo da caixa, afim de consultar auxílio emergencial e também para maior proteção de dados  e segurança, o auxílio será liberado e programado de acordo o mês de aniversário.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade