ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Geral

Novos inseticidas contra a dengue chegam ao Piauí

[ad#336×280]Supervisores dos programas de Controle de Endemias do Ministério da Saúde e dos Municípios do Território Entre Rios participaram, nos dias 22 e 23 de outubro, no auditório da IV Coordenação Regional de Saúde do Piauí, da apresentação e do treinamento dos novos inseticidas (Diflubenzuron e  Novaluron) para o controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. O treinamento foi ministrado por técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI).

Supervisores dos programas de Controle de Endemias do Ministério da Saúde e dos Municípios do Território Entre Rios - foto: Ascom
Supervisores dos programas de Controle de Endemias do Ministério da Saúde e dos Municípios do Território Entre Rios – foto: Ascom

 O curso foi direcionado aos supervisores que atuarão como multiplicadores no manejo do inseticida para os agentes de combate de endemia da rede municipal. Para o técnico da Sesapi, Antonio Araújo, o Novarulon é melhor que o Diflubenzuron. “O novo produto é mais concentrado, 1 ml da emulsão diluída trata mil litros de água. É  mais prático e leve de carregar. Por ser líquido também é mais seguro, pois não tem o risco de aspiração do pó”, disse.

Já o novo inseticida Difubenzuron, que também combate o mosquito Aedes aegypti cuja fórmula foi desenvolvida em 1976, nos Estados Unidos, substituirá o inseticida Temefós . Pode ser encontrado na forma de pó ou em solução líquida, ele deve ser colocado nos reservatórios de água.

Durante o evento os técnicos da Secretaria de Estado da Saúde falaram da importância da participação da população no combate a dengue “A população já sabe como se adquirir e como se evitar a dengue, mas ainda não pratica no dia a dia as ações preventivas para evitar a doença.  É importante que a comunidade faça sua parte”, alertou o técnico do estado Antonio Araújo. Também ministrou o treinamento o técnico, Francisco Morais.

Vinícius Oliveira, coordenador da IV Regional de Saúde do Piauí, falou da importância da utilização dos novos inseticida aliado a parceria da comunidade. “Sabemos a vantagem que teremos na melhoria do combate ao mosquito transmissor da dengue, porém, é imprescindível que todos nós estejamos juntos nessa batalha para evitar a proliferação do Aedes aegypti”, lembrou Vinícius.

O coordenador relatou ainda que  o treinamento é necessário para tirar as dúvidas dos  supervisores do Território Entre Rios. “Durante o curso estamos fazendo a apresentação do produto e mostramos a sua segurança, tanto para os agentes como para a população”, explicou Vinícius, afirmando, ainda, que a mudança do inseticida surgiu para garantir ainda mais a eliminação do mosquito transmissor da dengue no Estado.

Ascom

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade