ad16
CidadePolícia

4º BPM elenca dicas de segurança voltadas aos cidadãos picoenses

Segurança é muito importante

O 4º Batalhão da Policia Militar, através do seu serviço de Relações Públicas, elencou algumas Dicas de Segurança voltadas aos cidadãos picoenses, principalmente de como proceder em algumas situações indesejáveis, no intuito de buscar minimizá-las ou evitá-las por completo. Faça seu dia a dia mais seguro! Contribua com a sua própria segurança.

DICAS DE SEGURANÇA
Assaltos e seqüestros
• Mesmo que o momento exija cuidados, não se precipite. Comprar uma arma, por exemplo, pode ter conseqüências trágicas.
• Não reaja, nem tente fugir. Forneça o que exige o criminoso. Assim, o tempo do roubo será menor.
• Procure manter a calma diante de uma arma, mesmo que isso pareça difícil. O bandido está sempre mais nervoso do que a vítima, mas, em geral, não tem a intenção de matar.
• Não faça movimentos bruscos e procure alertar o assaltante dos gestos que pretende realizar, como pegar uma carteira, por exemplo.
• Tenha consciência de que há possibilidade de existir outra pessoa dando cobertura ao crime.

Em casa
• Tenha sempre à mão o telefone de emergência: 190 Polícia Militar.
• Quando chegar ou sair de casa, fique atento. Essas são as ocasiões mais propícias para roubos e seqüestros. Se desconfiar, aguarde, dê uma volta ao redor do quarteirão e chame a Polícia Militar pelo fone 190 ou 3422-1190.
• Ao sair, certifique-se de que as portas e janelas voltadas para áreas externas estão trancadas, inclusive a garagem.
• Procure conhecer seus vizinhos – onde trabalham, telefones, hábitos, horários de saída e chegada.
• Selecione criteriosamente os prestadores de serviço de sua residência, com referências anteriores.
• Instale grade nas janelas, olho mágico e trancas nas portas.
• Não forneça dados pessoais por telefone e oriente os empregados para que façam o mesmo. Muitos criminosos se utilizam de ligações de celulares prometendo prêmios como carros, etc.
• Ao viajar, suspenda a assinatura de jornais e revistas e solicite a uma pessoa de confiança que pegue suas correspondências.
• Mantenha o controle das chaves de sua residência, só fornecendo cópias para pessoas de confiança.
• As crianças devem ser orientadas a não abrir a porta para estranhos e nem trazê-los para casa sem autorização.
• Nunca deixe os portões e/ou portas abertas. Dificulte a ação dos ladrões.
• À noite deixe alguma lâmpada acesa na parte externa da casa.
• Ao sair, evite deixar evidências que não há ninguém em casa.

Nas ruas
• Evite andar com grande quantia em dinheiro ou cartões de créditos sem necessidade.
• Se alguém estiver lhe seguindo, entre em uma loja ou repartição, peça ajuda, chame a Polícia.
• Evite andar, ficar, namorar e passar por ruas ou praças escuras ou com pouca iluminação.
• Evite namorar e/ou conversar dentro de carros estacionados, principalmente em locais ermos.
• Evite abrir bolsa ou carteira na presença de estranhos e na rua. Separe pequenas quantias em dinheiro para pequenos pagamentos.
• Não aceite bebidas oferecidas por estranhos, elas podem conter drogas.
• Não reaja a assaltos. Evite fazer gestos bruscos que possam ser confundidos como reação da sua parte. Mantenha-se calmo. Quando possível, telefone para o 190 e procure a Delegacia de Polícia mais próxima para registrar a ocorrência (B.O.).

Nos Bancos
• Nunca aceite ajuda de estranhos ao utilizar o caixa eletrônico. Procure a ajuda dos funcionários do Banco.
• Evite os caixas eletrônicos à noite e em locais desertos ou escuros.
• Evite conversar com pessoas estranhas ao sacar ou depositar dinheiro;
• Se o pneu do seu carro estiver vazio ao sair do Banco, retorne imediatamente e procure ajuda do guarda ou da PM. Você estará evitando a ação de ladrões (golpe da furadinha).
• Evite destrocar dinheiro para estranhos por notas maiores e/ou menores, você pode ser vítima do famoso golpe da verdinha.
“Entendemos que a prevenção é o primeiro passo para a Segurança Pública, lembrando que esta não se faz sozinho, mas em conjunto, de forma sistêmica entre os órgãos do Estado, entidades, e sociedade civil organizada, como reza nosso artigo 144 da CF/88: Segurança Pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos…”, frisou o Comandante do 4º Batalhão, Major PM Sousa Filho.

Fonte: 2º TEN PM Emanoel Nascimento (Relações Públicas do 4º BPM).

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade